AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu Principal
Trending

Chapada: Desfile escolhe Miss e Mister Beleza Negra de escola municipal em Itaberaba

O evento aconteceu na quadra poliesportiva anexa à escola e contou com a presença de toda comunidade escolar.

A Escola Municipal João Almeida Mascarenhas (EMJAM), em Itaberaba, cidade da Chapada Diamantina, realizou na última sexta-feira (29) o desfile ‘Mister e Miss Beleza Negra – Edição 2019’. O evento aconteceu na quadra poliesportiva anexa à escola e contou com a presença de toda comunidade escolar. O episódio foi apresentado pela diretora Nailza Silva, que começou a tarde de festa com a apresentação do grupo de Percussão Batukejam. A Mesa Julgadora do Concurso foi composta pela editora-chefe do Jornal da Chapada (JC), Deninha Fernandes, pelo coreógrafo André Luiz de Jesus Lopes, o popular professor Luizinho, pela técnica pedagógica, Daiana Santana Lima, e pela técnica de projetos pedagógicos, Isadora Almeida Ribeiro, ambas representando a Secretaria Municipal de Educação de Itaberaba.

Nesta edição 2019 do desfile, a escola quis avaliar os critérios simpatia, carisma, traje, postura e desenvoltura. Foram vencedores como Misters mais bonitos os alunos Geovane da Conceição dos Santos, João Emanuel Batista Aragão e Marcos Vinícius Pereira dos Santos, e como Misses mais bonitas as alunas Stefani França da Silva, Najane Santos de Jesus, Sandra Vitória Bastos dos Santos. Os primeiros colocados levaram troféus e prêmios. Os três primeiros colocados nas duas Categorias ainda foram contemplados com presentes pela Escola.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O JC presenteou o Mister 2019 do EMJAM com uma mini caixa de som e um livro ‘Cidade Sagrada’, do escritor chapadeiro Luiz Carneiro. Já a Miss ganhou um estojo de maquiagem e um livro de poesia. “Foi gratificante participar desse evento onde a escola exaltou o talento dos alunos, especialmente a autoestima dos afrodescendentes, em um momento onde convivemos com o racismo em nossa sociedade. A data também foi pertinente, pois além de ser uma época de confraternização, de final de ano, ressaltamos nossa origem em homenagem ao Novembro Negro. Estão de parabéns todos que fazem a EMJAM”, declarou a editora-chefe do JC.

Ela se disse impressionada com a alegria e disciplina dos alunos, bem como com a dedicação dos educadores. “Eles provaram que fazem do Magistério um sacerdócio”, pontuou Deninha. Vale ressaltar que o projeto educacional que culminou no desfile foi idealizado pelas professoras de História Claudine Britto e Caroline Cruz de Oliveira Barros, apoiadas por todos que integram o corpo docente, dentre elas a diretora Nailza, a vice-diretora Luzinete Nolácio Melo e as coordenadoras educacionais Aline Barbosa dos Santos e Percília Silva Pimentel Neta.

Jornal da Chapada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas