CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolícia
Trending

#Bahia: PM suspeito de matar fotógrafo é transferido de Itabuna para presídio em Salvador

PM teve mandado de prisão cumprido na segunda; ele era procurado por suspeita de disparar 11 vezes contra vítima por causa de ciúmes.

O policial militar suspeito de matar o fotógrafo Sandro Silva Santos, de 36 anos, no município de Itabuna, no sul da Bahia, foi transferido para o presídio da Mata Escura, em Salvador, na última terça-feira (7). Segundo informações da Polícia Militar, antes de ser levado para o presídio, o policial Felipe Prado Araújo, de 40 anos, foi levado para a Corregedoria Geral da Polícia Militar, que também fica na capital baiana, escoltado pela Polícia Militar, onde foi feito os trâmites legais.

De acordo com a PM, um inquérito Policial Militar (IPM) e um Procedimento Administrativo Disciplinar foram instaurados pelo órgão. O mandado de prisão de Felipe Araújo foi cumprido com ajuda da PM. O policial era procurado pelo crime por suspeita de disparar 11 vezes contra a vítima por causa de ciúmes. No último sábado (4), o PM se apresentou à polícia, foi ouvido e liberado. O policial deveria retornar ao quartel nesta segunda, onde ficaria em atividades operacionais. Entretanto, o suspeito teve o mandado de prisão cumprido.

A arma que foi usada pelo autor do crime foi entregue à polícia na sexta-feira (3) e foi encaminhada para a perícia. O crime aconteceu na tarde quarta-feira (1º), na Rua São Geraldo, no bairro Novo Lomanto. Sandro estava na casa da namorada, que é ex-mulher do policial Felipe Prado Araújo, quando foi atacado a tiros. Testemunhas disseram à polícia que a vítima estava colocando uma porta na residência onde a namorada mora com a sogra, quando foi surpreendido pelo suspeito.

Conforme a Polícia Militar, na quarta-feira, antes do crime, o policial estava trabalhando normalmente em um posto do bairro Califórnia e disse a um colega de trabalho que iria buscar um almoço e saiu do local. O suspeito, no entanto, seguiu numa moto particular para a casa onde estava Sandro. Segundo testemunhas, o PM cometeu o crime quando estava fardado e usou a arma da corporação para cometer o homicídio.

Os filhos que o policial tem com a ex- mulher, segundo a polícia, também estavam na residência no momento dos disparos e presenciaram o crime. Na ocasião, o comando do 15º BPM disse acreditar que o crime foi motivado por ciúmes, porque Sandro era o atual namorado da ex-companheira do policial. O corpo da vítima foi enterrado na manhã de quinta-feira (2) no Cemitério Campo Santo, que fica em Itabuna. Sandro deixou três filhos. As informações são do G1.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios