CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal
Trending

Chapada: MP quer evitar entrada de pessoas contaminadas via transporte clandestino em Seabra

Segundo promotores, “grande fluxo de pessoas se desloca diariamente”, chegando e saindo do município chapadeiro, “por transporte clandestino de passageiros”.

O comando da Polícia Militar do município de Seabra, na Chapada Diamantina, foi orientado pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) a intensificar a fiscalização do transporte interestadual e intermunicipal realizado de modo clandestino. A recomendação foi expedida na última sexta (20) pelos promotores de Justiça Fernando Rogério Pessoa e Gustavo Pereira Silva. Segundo eles, “grande fluxo de pessoas se desloca diariamente”, chegando e saindo de Seabra, “por transporte clandestino de passageiros”.

Os promotores recomendaram também que a PM notifique a Vigilância Sanitária municipal sobre ocorrências de transporte clandestino realizado por veículos oriundos das cidades de Salvador, Feira de Santana, Porto Seguro e Prado. Conforme a recomendação, esse veículos devem ser encaminhados à rodoviária municipal para avaliação e orientação dos passageiros pela Vigilância Sanitária.

Eles destacaram que o governo do Estado decretou estado de emergência no último dia 18 de março e o município decretou na sexta (20), a suspensão da entrada, circulação e saída de qualquer transporte coletivo intermunicipal e interestadual, público e privado, por um período de dez dias. A suspensão contempla transporte regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans e micro-ônibus que fazem transporte de passageiros em linhas intermunicipais de pequeno porte. As informações são do MP-BA.

Leia também

Chapada: Seabra monitora primeiro caso suspeito de coronavírus; paciente já foi isolada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios