Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEconomiaMenu PrincipalTop
Trending

#Salvador: Prefeito diz que disponibilizará testes rápidos para rodoviários; passageiros devem passar por higienização

ACM Neto afirmou que vai disponibilizar 3.500 testes rápidos para rodoviários, além de aumentar de 40% para 60% a frota de ônibus no Subúrbio Ferroviário.

O prefeito ACM Neto (DEM) anunciou, em entrevista coletiva virtual realizada na sexta-feira (29), mudanças no transporte público para diminuir o risco de contágio do coronavírus entre rodoviários e passageiros. Autoridades em saúde afirmam que o transporte público é um local de alta transmissão do coronavírus. Entre as novas medidas anunciadas pelo prefeito, estão a colocação de barreiras físicas em todos os ônibus, distribuição de testes rápidos para os rodoviários, aferição da temperatura e higienização dos passageiros.

“Queremos com essas medidas dar mais segurança aos rodoviários e usuário do transporte. Está claro que o transporte público é um dos maiores vetores de transmissão do coronavírus”, afirmou. “Disponibilizamos 3500 testes rápidos para rodoviários, identificando alguém que esteja positivo, será afastado e terá início de acompanhamento do tratamento e recuperação”. Pelo menos oito rodoviários morreram por Covid-19 no sistema de transporte público de Salvador e Região Metropolitana, sendo seis no sistema urbano e outras duas no metropolitano.

Embora não haja um balanço de quantos profissionais estão em isolamento por causa da doença, entretanto 2 mil estão afastados por se enquadrar no grupo de risco. Após a morte de dois rodoviários no último fim de semana, o sindicato da categoria reclamou da falta de equipamentos de proteção durante o trabalho. Para tentar conter o problema, no fins de linha que concentram maior circulação de pessoas, a prefeitura colocará funcionários para higienizar as mãos dos passageiros que entram nos ônibus.

ACM Neto afirmou, também, que vai aumentar de 40% para 60% a frota de ônibus no Subúrbio Ferroviário da capital baiana. Além disso, haverá uma frota reguladora em diversos finais de linha, como explica o prefeito de Salvador. “Teremos uma frota reguladora, ônibus vazios aguardando chamado da secretaria de ordem pública. Se um ônibus encher, o fiscal irá determinar que parta e requisitará a frota reguladora em caso de necessidade”, disse. As informações foram extraídas do G1.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios