Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalMundoTop
Trending

#Mundo: Importado da Europa, salmão é o principal suspeito de novo surto de coronavírus na China

A China só havia proibido expressamente as importações de salmão da Europa, mas a repercussão começa a chegar ao Chile, segundo maior exportador do mundo.

Um salmão importado da Europa é o principal suspeito de um surto novo de covid-19 que está paralisando Pequim, segundo as autoridades.

De acordo com a cadeia chinesa CCTV, até a última quarta-feira, as autoridades da China só haviam proibido expressamente as importações de salmão da Europa, mas a repercussão começa a chegar ao Chile, segundo maior exportador do mundo.

“Apesar de não haver restrição oficial para a entrada do produto, o medo dos consumidores da China faz com que o salmão não esteja mais entrando no país”, afirma uma reportagem do jornal chileno La Tercera.

Mesmo antes da proibição, diversos supermercados e restaurantes se apressaram em retirar o produto de circulação. Muitos dos produtores, no entanto, acreditam que o salmão logo será “inocentado”.

“Não existe evidência que sugira que o Sars-CoV-2 possa contaminar animais aquáticos”, disse o gerente comercial da empresa chilena Ventisqueros, Fernando Perez, ao jornal La Tercera.

“Isso já é passado para nossos clientes, e estamos monitorando as reações para ver como podemos retomar nossas vendas regulares”, disse.

Os produtores e o governo do Chile convidaram os chineses para fazer uma “inspeção remota” de três centros de criação de pesca. Uma das inspeções ocorrerá na sexta-feira.

Mas mesmo que as autoridades chinesas sejam convencidas de que não há riscos, ainda haverá a tarefa de convencer os consumidores chineses a mudar de ideia. Redação da Revista Fórum com informações da BBC Brasil.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios