Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalMundo
Trending

#Brasil: Verba para fiscalizações trabalhistas no governo de Jair Bolsonaro cai pela metade

De 2013 a 2018, a verba para essas ações foi, em média, de R$55,6 milhões por ano; a partir de 2019, a média caiu para R$29,3 milhões.

Durante o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), em comparação com a média de anos anteriores, os recursos para fiscalizações trabalhistas e operações de combate ao trabalho escravo caíram quase que pela metade.

Segundo a reportagem da Folha de S. Paulo, de 2013 a 2018, a verba para essas ações foi, em média, de R$55,6 milhões por ano. A partir de 2019, a média caiu para R$29,3 milhões.

O valor foi corrigido pela inflação no período e considera o montante proposto pelo Executivo no projeto de Orçamento de cada ano.

Já para 2021, de um total de R$1,5 trilhão de despesas previstas para o próximo ano, foram reservados R$24,1 milhões para operações de inspeção de segurança e saúde no trabalho, combate ao trabalho escravo e verificações de obrigações trabalhistas. As informações são da Folha.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios