CidadesCulturaCuriosidadesMenu Principal
Trending

#Bahia: Literatas baianas participam de ‘lives’ e ampliam debates sobre a literatura infantil

A programação, que contará com a mediação de Manu Santiago e Ana Tereza Mendes, idealizadoras do Atelier, seguirá nos dias 8, 9 e 10 de abril, com a participação de Maria Anoria, Gabriela Monteiro e Renata Fernandes, respectivamente.

A escritora mirim Luiza Meireles abre a primeira edição do ‘Telinha Convida’, série de ‘lives’ realizada pelo Atelier Artístico Chegança, por meio do projeto ‘Telinha Literária’. Os diálogos, que começam nesta quinta-feira (7), às 19h, no YouTube do Atelier, trarão literatas para discutir a produção literária infantil.

No debate desta semana, Luiza falará como é o processo de brincar com as palavras na construção de boas narrativas. A programação, que contará com a mediação de Manu Santiago e Ana Tereza Mendes, idealizadoras do Atelier, seguirá nos dias 8, 9 e 10 de abril, com a participação de Maria Anoria, Gabriela Monteiro e Renata Fernandes, respectivamente.

Sobre o Atelier Artístico Chegança
Fundado pelas atrizes e produtoras Manu Santiago e Ana Tereza Mendes, o Atelier Artístico Chegança atua na capital baiana desde 2018 com o desenvolvimento de pesquisas e práticas pautadas nas raízes culturais da literatura brasileira, transversal à dramaturgia infantojuvenil e adulta. O uso de espaços alternativos de representação são priorizados, além da constante valorização artística de práticas socioeducativas. As informações são de assessoria.

Serviço
O quê: Telinha Literária Convida
Quando: 7 a 10 de abril, às 19h
Onde: Instagram do Atelier Artístico Chegança (@ateliercheganca)

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios