CidadesCuriosidadesMenu PrincipalSaúdeTop
Trending

#Chapada: Ação de combate à leishmaniose reforça atuação da prefeitura de Utinga sobre cuidados a animais

A doença transmitida pelo mosquito-palha pode infectar tanto animais quanto seres humanos.

Uma ação de pesquisa e combate à doença leishmaniose foi realizada pela Secretaria de Saúde, através da Vigilância de Saúde, na última quinta-feira (8), na localidade ‘Pé de Serra’, município de Utinga, na Chapada Diamantina. Os agentes de saúde recolheram amostras de sangue dos cachorros da região, que foram testados para identificar se tinham a infecção parasitária em seu sistema.

A leishmaniose visceral é uma zoonose que em sua maioria acomete cães doméstico, mas que pode ser transmitida para animais e humanos por picada do ‘mosquito fêmea-palha’ ou ‘birigui’ (Lutzomyia longipalpis) que, ao picar, introduz na circulação do hospedeiro o protozoário ‘Leishmania chagasi’.

“No Brasil, [a doença] é transmitida principalmente pelo mosquito-palha de coloração amarelada. Por isso, a Secretaria Municipal de Saúde pede a colaboração de todos, que mantenham seus imóveis sempre limpos e sem nenhum tipo de criadouro, principalmente em locais onde há criação de galináceos que atraem o mosquito”, aponta nota da prefeitura, publicada em rede social.

Jornal da Chapada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios