CidadesCuriosidadesMenu PrincipalMundo
Trending

#Brasil: Oposição convoca todos os signatários de pedidos de impeachment para unir peças e organizar atos contra Bolsonaro

Plenária Nacional do Impeachment, que reunirá proponentes dos mais de 100 pedidos contra Bolsonaro já protocolados na Câmara, será realizada nesta sexta-feira (23).

Partidos de oposição se reuniram nesta terça-feira (20) e decidiram marcar para a próxima sexta-feira (23) a Plenária Nacional do Impeachment. A ideia é reunir os signatários dos mais de 100 pedidos de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro que já foram protocolados na Câmara para chegar a uma peça única a ser apresentada.

No encontro, os partidos e signatários dos pedidos de impeachment também devem discutir a organização de atos que visam fazer pressão pela retirada de Bolsonaro da cadeira de presidente.

“Hoje aconteceu nova reunião do fórum de partidos de oposição. Foi aprovada a convocação de um encontro entre os proponentes dos mais de cem pedidos de impeachment contra Bolsonaro. A reunião acontecerá na próxima sexta-feira. Vamos somar esforços para colocar fim a esse governo”, escreveu, em suas redes sociais, o presidente nacional do PSOL, Juliano Medeiros. O PDT também compartilhou a notícia.

Ações conjuntas
A ideia por uma reunião de forças entre partidos de oposição em prol do impeachment de Bolsonaro foi definida em reunião entre líderes das legendas realizada no último dia 13 de abril. Foram estabelecidas, na ocasião, uma série de ações conjuntas que visam, para além do impedimento do titular do Planalto, trabalhar pela vacinação em massa contra a Covid, retomar o auxílio emergencial de R$600 e responsabilizar Bolsonaro pela omissão no combate à pandemia.

A deliberação conjunta foi divulgada através de nota oficial assinada pelas legendas logo após o rito de abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid no Senado.

“Nossa primeira preocupação é com a defesa da vida e com a sobrevivência da população brasileira, que precisa com igual urgência de um plano eficaz de vacinação em nível nacional e do restabelecimento do auxílio emergencial de R$ 600, dentre outras medidas para preservar o país e a economia da tragédia que este governo representa”, dizem os partidos.

“Além de reforçar as ações no âmbito do Congresso para apurar as responsabilidades do governo Bolsonaro por meio de CPIs no Senado e na Câmara dos Deputados, conclamamos a sociedade brasileira à mobilização pelo impeachment de Jair Bolsonaro, por todos os crimes que já cometeu contra o país e o povo brasileiro”, continuam as siglas.

Compõem a articulação a REDE Sustentabilidade (REDE), o Partido Comunista do Brasil (PCdoB), o Partido Democrático Trabalhista (PDT), o Partido Socialista Brasileiro (PSB), o Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), o Partido dos Trabalhadores (PT), o Partido Verde (PV), o Cidadania e a Unidade Popular (UP). A redação é do site da Revista Fórum.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios