CidadesCuriosidadesEconomiaMenu PrincipalTop
Trending

#Chapada: Operações regulares de voos entre Mucugê e Salvador serão iniciadas nesta quinta e deve reaquecer o turismo

Serão duas frequências semanais, sendo todas as quintas e domingos; encurtando a distância entre a capital e a região chapadeira.

O município de Mucugê, cidade histórica da Chapada Diamantina, terá voos regulares para Salvador já nesta quinta-feira (17). Segundo a Abaeté Linhas Aéreas, serão duas frequências semanais, sendo todas as quintas e domingos. As operações funcionarão nos seguintes horários: saindo do Aeroporto Internacional de Salvador às 13h e chegando em Mucugê às 14h30. Além disso, contarão com viagens reversas às 15h.

A autorização para funcionar como linha aérea regular foi obtida no ano passado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). “Sabemos a importância da Chapada Diamantina para o nosso estado, por sua beleza, história e oportunidades de negócios para o setor de turismo. Estamos muito animados com essa retomada”, afirma Marcus Campos, gerente de marketing e promoção aérea do Salvador Bahia Airport, integrante da rede Vinci Airports.

Com os voos para Mucugê, as operações contribuem para o acesso a uma região rica em ecoturismo e belezas culturais, com o desembarque em um dos mais promissores polos de enoturismo do país, a Fazenda Progresso. De acordo com a secretária de Cultura e Turismo de Mucugê, Fabiana Profeta, a ação é fundamental para assegurar que o município amplie a oferta de serviços no setor de turismo, mas também promova o agronegócio em toda a região. Ainda conforme a titular, a previsão é de que o transporte aéreo facilite a chegada de turistas na região.

O aeroporto Horácio de Matos fica no distrito de Tanquinho de Lençóis | FOTO: Reprodução |

Lençóis
A prefeita de Lençóis, na Chapada Diamantina, Vanessa Senna (PSD), vem buscando retomar os voos que levam os turistas até o município, que é um dos destinos mais procurados da Bahia. “O aeroporto de Lençóis está fechado. Aquela estrutura toda parada e a gente perdendo com isso por conta de não está acontecendo esse voo”, informou a gestora durante uma entrevista à rádio Metrópole, no mês abril.

Os voos, interrompidos desde o ano passado, aconteciam durante duas vezes na semana, interligando o município chapadeiro com a capital baiana, sendo todas as quintas e domingos. Além disso, também tinham voos esporádicos em conexão com outras cidades, como Belo Horizonte, São Paulo e outras. “É uma cidade que dá acesso à Chapada. Hoje, por ter aeroporto, é a cidade que, na verdade, emite turistas, visitantes para outros municípios”, ressaltou ela.

Jornal da Chapada

Etiquetas

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios