CidadesCuriosidadesMenu PrincipalMundoTop
Trending

#Eleições2022: Nova pesquisa mostra que rejeição a Lula caiu para 36%; já a taxa de Bolsonaro vai a 56% e é a maior

Presidente atual segue com sua base de apoio intacta, perto de um terço do eleitorado.

Pesquisa PoderData realizada nesta semana, entre 5 a 7 de julho, mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é o nome menos rejeitado entre os pré-candidatos à Presidência da República. Hoje, só 36% dos eleitores dizem que não votariam no petista de jeito nenhum. É uma queda de 12 pontos percentuais em comparação com o levantamento anterior.

A taxa dos que rejeitam Lula se distancia dos números do presidente Jair Bolsonaro (56%), do governador de São Paulo, João Doria (56%) e do pedetista Ciro Gomes (52%), que, todos, registraram alta na rejeição. Manteve-se estável, no entanto, a curva de eleitores mais fiéis –que declaram que algum dos candidatos é o único que poderia votar. Bolsonaro segue com o apoio firme de 32% da população, sem variações expressivas ao longo de toda a série.

O levantamento perguntou aos entrevistados se cada candidato seria o único em que votaria, se era uma possibilidade de voto ou se não teria o seu voto de jeito nenhum. A pesquisa PoderData captou que, excluindo-se Lula, Gomes, Doria e Bolsonaro, os candidatos mais expressivos tiveram alta significativa na rejeição em relação ao último levantamento.

Esta é a 1º rodada da divisão de pesquisas feita sem os pré-candidatos Luciano Huck e João Amoêdo (Novo), que no mês anterior à pesquisa declararam que não participariam das eleições presidenciais.

Bolsonaro mantém base
Mesmo com a alta na rejeição, um terço do eleitorado segue dizendo que só votaria no atual presidente. O número não teve variação expressiva desde meados de março. Esta pesquisa foi realizada no período de 5 a 7 de julho de 2021 pelo PoderData, a divisão de estudos estatísticos do Poder360. A divulgação do levantamento é feita em parceria editorial com o Grupo Bandeirantes.

Foram 2.500 entrevistas em 421 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. Para chegar a 2.500 entrevistas que preencham proporcionalmente (conforme aparecem na sociedade) os grupos por sexo, idade, renda, escolaridade e localização geográfica, o PoderData faz dezenas de milhares de telefonemas. Muitas vezes, mais de 100 mil ligações até que sejam encontrados os entrevistados que representem de forma fiel o conjunto da população.

Lula dispara
O PoderData mostra que o petista tem hoje 43% das intenções de voto. Todos os outros somados marcam 44%. Para que um candidato vença no 1º turno é necessário ter mais da metade dos votos válidos, isto é, superar a soma de todos seus adversários. A eleição presidencial está marcada para 2 de outubro de 2022. Os cenários testados agora devem ser tomados como uma radiografia do momento.

Lula abre vantagem no segundo turno
Lula venceria o atual ocupante do Planalto por 55% a 32% em uma disputa de 2º turno, se as eleições fossem hoje. De acordo com pesquisa PoderData realizada nesta semana, o petista ampliou em 12 pontos a vantagem sobre o adversário em comparação a 1 mês antes, quando o placar era de 48% a 37%.

A diferença entre os candidatos é a maior desde março de 2021, quando o PoderData começou a medir mensalmente a intenção de votos em um eventual 2º turno com os 2. De lá para cá, Lula tem pontuado consistentemente acima de Bolsonaro; a vantagem de 23 pontos, no entanto, é inédita.

Pesquisas mais frequentes
O PoderData é a única empresa de pesquisas no Brasil que vai a campo a cada 15 dias desde abril de 2020. Tem coletado um minucioso acervo de dados sobre como o brasileiro está reagindo à pandemia de coronavírus.

Num ambiente em que a política vive em tempo real por causa da força da internet e das redes sociais, a conjuntura muda com muita velocidade. No passado, na era analógica, já era recomendado fazer pesquisas com frequência para analisar a aprovação ou desaprovação de algum governo. Agora, no século 21, passou a ser vital a repetição regular de estudos de opinião. As informações são do site Poder 360.

Etiquetas

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios