Pular para a barra de ferramentas
AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu Principal

Oito partidos vão dialogar com Lídice para apoiar sua eleição

lidie
Os partidos nanicos estão ávidos para fazer uma bancada com dois deputados para federal e até quatro para estadual e devem apoiar o projeto do PSB na Bahia | FOTO: Reprodução |

Um dia depois de sinalizar que pode marchar longe da orientação da executiva nacional da sigla, de apoiar a candidatura do PSB na Bahia, o presidente da executiva estadual do PPS, Joceval Rodrigues, se reuniu com dirigentes de oito partidos pequenos (PSDC, PRP, PMN, PTdoB, PPL, PEN, PTC e PPS) para tratar sobre a ampliação do diálogo com a candidata socialista Lídice da Mata. A intenção é amadurecer a ideia de um possível apoio para a candidata do PSB na corrida ao governo do estado. No entanto, o que Joceval e os outros dirigentes das siglas têm afirmado é que o apoio será dado ao candidato que apresentar a melhor proposta de coligação na proporcional. Os nanicos estão ávidos para fazer uma bancada com dois deputados para federal e até quatro para estadual.

Na segunda (10), o presidente estadual do PPS, Joceval Rodrigues, reafirmou a existência da frente, enalteceu o diálogo existente com os candidatos ao governo e datou para abril a batida do martelo do apoio. “Nossa frente é programática, veremos os programas dos candidatos e assim será o norte do nosso encontro com Lídice da Mata. Já tivemos contatos com Geddel e outros pré-candidatos, por exemplo, e, como já disse, veremos também a situação da eleição proporcional para apoiarmos à majoritária e só assim poderemos tomar as decisões”, declarou.

Quem reafirmou as declarações de Joceval foi o presidente do PSDC, Antônio Albino. O mandatário da sigla acredita que do diálogo surgirá o consenso. “A senadora Lídice queria conversar com a gente faz um bom tempo e agora conseguimos agendar o encontro. Nossa ideia é ter foco na eleição para deputado, pois não teremos candidato a governador saído desses oito partidos. O interesse é nosso para participar do processo e, com certeza, vamos ouvir todos e analisaremos o melhor para a Bahia”, afirmou.

Durante o dia, o secretário estadual do PPS, Marcos Vieira, enviou nota para a Tribuna da Bahia contestando as declarações do presidente, Joceval Rodrigues (PPS). No texto, ele afirma que a sigla poderá apoiar a candidatura de Lídice da Mata (PSB) e que a agremiação não faz parte de frente partidária, como citado na reportagem. Ainda foi argumentado que “compete ao diretório estadual a decisão de apoio político e não ao presidente do partido”. Nos escritos também foi informado que está marcada para o dia 12 de abril uma convocação ordinária que decidirá pelo indicativo de coligação ao pleito da socialista, para seguir o alinhamento nacional da legenda.

Questionado, o vereador, mandatário da legenda, garantiu a existência da frente partidária, enalteceu a conversa das siglas ao apoio à senadora Lídice da Mata (PSB) na corrida ao Palácio de Ondina e disse que não comentaria mais nenhum assunto referente à polêmica em torno da matéria. Já o presidente do PSDC, Antônio Albino, confirmou a participação do PPS na frente partidária, o que desmente a nota e as declarações de Vieira. “O PPS está com a nossa frente. O grupo anterior que comandava a sigla é que está fazendo o jogo contrário. Mas Joceval e o PPS estão juntos sim”, afirmou. Extraído da Tribuna da Bahia.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios