Euclides da Cunha: “O sertanejo é, antes de tudo, um forte”, diz Valmir, parafraseando o escritor que dá nome à cidade

Postado em maio 31 2014 - 11:59am por Jornal da Chapada
valmir

O deputado federal Valmir Assunção e a ex-prefeita de Itiúba Cecília Petrina | FOTO: Divulgação |

A caravana do PT para a construção do Programa de Governo Participativo (PGP 2014) do pré-candidato ao governo do estado, Rui Costa (PT), chega às últimas plenárias deste processo no interior. Neste sábado (31) foi a vez do município de Euclides da Cunha receber a chapa majoritária encabeçada por Rui e sua comitiva formada por lideranças políticas dos territórios de identidade de Itaparica e Semiárido Nordeste II e dos membros dos partidos da base aliada.

Cumprindo agenda na região e assíduo participante das plenárias do PGP, o deputado federal Valmir Assunção (PT-BA) representou mais uma vez os movimentos sociais, principalmente os que lutam pela reforma agrária e desenvolvimento socioeconômico das zonas rurais no estado. Desta vez as propostas foram elaboradas pela população de 24 municípios que compõem os dois territórios mencionados.

Junto com o presidente do PT na Bahia, Everaldo Anunciação, e a ex-prefeita de Itiúba, Cecília Petrina, que é pré-candidata a deputada estadual, Valmir destacou as propostas apresentadas envolvendo questões como aprimoramento e reconhecimento da cultura da região e da ampliação do acesso à água e energia elétrica para as comunidades rurais. O petista também defendeu a criação da Universidade Federal do Nordeste, proposta apontada como uma das principais ações para o desenvolvimento regional.

“Estamos chegando ao final desta etapa do PGP e até o dia 7 de junho já teremos um esboço do que foi proposto nessas plenárias. Neste processo, a universidade aqui na região nordeste da Bahia é fundamental para inclusão social e acadêmica desta população”, pontua Valmir. O parlamentar ainda lembrou das dificuldades enfrentadas pela população nos governos carlistas, parafraseando o escritor brasileiro Euclides da Cunha, que dá nome ao município visitado. “O sertanejo é, antes de tudo, um forte. E, por isso, continua firme no campo”.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.