Bahia terá R$ 5,9 milhões do Fundo Nacional de Cultura para três projetos

Postado em jun 18 2014 - 5:00pm por Jornal da Chapada
fundo

No total, a Secretaria Estadual de Cultura receberá mais de R$ 5,9 milhões por meio do edital | FOTO: Reprodução/Secom |

O Ministério da Cultura (MinC), por meio da Secretaria de Articulação Institucional (SAI), divulgou nesta quarta-feira (18) o resultado final de seleção do 1º Edital de Fortalecimento do Sistema Nacional de Cultura (SNC). Entre os projetos selecionados de vários estados do Brasil estão três do Governo da Bahia. No total, a Secretaria de Cultura (Secult) receberá mais de R$ 5,9 milhões por meio do edital, que possibilita o repasse de recursos via Fundo Nacional de Cultura (FNC) para estados que completaram todo o processo de adesão ao SNC.

Na Bahia um dos selecionados é o Projeto de Valorização da Memória e Fortalecimento da Economia Criativa e Solidária das Comunidades de Terreiros e Culturas Populares, a ser executado pelo Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI). Também foram contempladas duas ações realizadas pela Fundação Cultural do Estado (Funceb) – o Mapa Musical da Bahia 2014/2015 e a Construção de Salas Multiuso nos Centros de Cultura da Bahia, este por meio do Centro de Formação em Artes (CFA).

Classificado em primeiro lugar no eixo ‘Promoção da Diversidade Cultural Brasileira’, no âmbito de culturas populares e tradicionais, o CCPI vai realizar uma série de ações de formação, produção, salvaguarda e democratização de acesso, para garantir a valorização das comunidades de terreiros e culturas populares, considerando o seu desenvolvimento e participação na sociedade.

A proposta prevê realização de seminários, oficinas, simpósio, feira, produção de material informativo referente à diversidade sociocultural dessas comunidades, além da elaboração de um Plano Museológico-Modelo a ser utilizado por instituições da Rede de Memoriais e Museus de Terreiros (Remmut). O projeto terá investimento de R$ 500 mil do FNC e mais R$ 125 mil do Governo da Bahia, totalizando R$ 625 mil.

Mapa Musical
No eixo ‘Fomento à Produção e Circulação de Bens Culturais’, R$ 2,5 milhões do Fundo Nacional de Cultura serão somados à contrapartida de R$ 625 mil do Governo da Bahia para o investimento total de R$ 3,125 milhões na difusão da diversidade da produção musical da Bahia. O Mapa Musical da Bahia (www.fundacaocultural.ba.gov.br/mapamusical) é uma ação da Funceb de mapeamento, reconhecimento e promoção da música autoral de artistas que atuam nos 417 municípios baianos.

Lançado em 2012, o Mapa já cadastrou 716 compositores e músicos e 1.397 obras. A proposta selecionada tem o foco na divulgação deste panorama, com a realização de 108 shows nos 27 territórios de identidade da Bahia, dois grandes festivais e cinco oficinas de qualificação. O projeto ainda prevê a completa reformulação do portal, com novas ferramentas e melhor navegação, criação de aplicativo para smartphones e tablets, e a produção de uma coletânea de cinco CDs com 15 faixas e duas mil cópias cada.

Formação em artes
O Centro de Formação em Artes da Funceb foi selecionado também em primeiro lugar no eixo ‘Implantação, Instalação e Modernização de Espaços e Equipamentos Culturais’, com a proposta de implantação de quatro núcleos do centro, chamados de NCFA, em áreas anexas aos espaços culturais da Secult localizados em Feira de Santana, Itabuna, Valença e Vitória da Conquista, quatro polos regionais do estado.

Serão salas multiuso, acompanhadas de salas auxiliares, que integrarão a Rede de Formação em Artes, para ampliação do Programa de Qualificação em Artes no Interior da Bahia, que já vem ocorrendo desde 2012. O FNC repassará mais de R$ 2,9 milhões, tendo a contrapartida da Bahia de quase R$ 435 mil, representando mais de R$ 3,3 milhões para o projeto.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.