PT entrega registro de candidaturas no TRE e destaca otimismo para o pleito

Postado em jul 5 2014 - 2:27pm por Jornal da Chapada
vitor

Além do registro de candidatura o PT também entregou o plano de governo de Rui Costa | FOTO: Vitor Fernandes |

O Partido dos Trabalhadores entregou, na manhã deste sábado (5), ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA), sua lista com pedido de registro de candidatura das chapas majoritária e proporcionais para o pleito de 2014. A entrega dos registros aconteceu com a presença dos membros da majoritária encabeçada pelo petista Rui Costa, e formada por João Leão (PP, vice) e Otto Alencar (PSD, senador), além de presidentes de partidos aliados. O PT apresentou três chapas proporcionais com 10 partidos no total, uma primeira com a presença de 7 siglas (PSD, PDT, PP, PR, PRB, PT, PCdoB) com 24 candidatos homens e 16 mulheres para as vagas de deputados federais e 88 homens e 38 mulheres para as vagas de estaduais. O PCdoB tem sua proporcional para deputado estadual sozinho com 38 candidatos às cadeiras na Assembleia. Já a terceira proporcional tem três partidos PHS, PMN e PTdoB, que terão em torno de 40 candidatos federais e 60 estaduais.

De acordo com Rui, a intenção agora é fiscalizar e cobrar da justiça o cumprimento da legislação durante a campanha. “Queremos uma campanha com o cumprindo de tudo aquilo que tem de direitos e deveres na legislação eleitoral. A campanha, embora seja oficializada amanhã [domingo] somente terá início a partir do momento em que se tem o número do CNPJ, porque todo o material, inclusive a página na internet, tem de ter a numeração. Apesar da legislação prever que já pode fazer campanha, só vamos iniciar cumprindo a lei, quando tiver o CNPJ”, pontua. Para o presidente do PT na Bahia, Everaldo Anunciação, o número deve sair em 48 horas, portanto, nesta semana, o partido já estará apto para iniciar o processo.

outra

A chapa majoritária completa durante entrega do registro de candidatura no TRE | FOTO: Vitor Fernandes |

Os trabalhadores também entregaram ao TRE o plano de governo exigido pela legislação eleitoral. Segundo Everaldo, “a diferença é que o plano de governo foi construído com a participação da população baiana em plenários pelo interior”. A intenção do PT, conforme o presidente, é cumprir todas as etapas conforme a legislação e manter o ritmo de campanha no interior, principalmente nos dias que antecedem o pleito. “Após a entrega do registro, agora teremos a fase de ajustes, mas o central já está definido. Teremos em seguida o período de exposição de material gráfico e em agosto rádio e TV. Vamos continuar com a participação popular e fazer uma campanha que envolva todos os partidos e a sociedade”, finaliza Anunciação.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.