Chapada: Poço Azul faz jus ao nome e se destaca como uma das grandes atrações turísticas da região

poço

Poço Azul fica no município de Nova Redenção, na Chapada Diamantina | FOTO: Divulgação/Chico Ferreira |

O nome desse poço faz jus à sua cor. O Poço Azul, ao leste da Chapada Diamantina, é uma verdadeira raridade. Além da beleza que impressiona, é um dos poucos que permite que o visitante nade nele, mesmo que por pouco tempo. A procura pelo poço é grande, visto que ele tem esse diferencial de permitir o mergulho. Em alta temporada, espera-se de uma a duas horas para visitá-lo, pois somente grupos de 20 pessoas podem entrar por vez e ficar 20 minutos dentro da gruta. Em baixa temporada, os guias deixam que o visitante fique 40 minutos mergulhando.

Apesar de a profundidade variar de 20 a 60 metros, a transparência da água impressiona. Quem está mergulhando consegue enxergar até o fundo. Quem está de fora tem a impressão que as pessoas flutuam no ar. Justamente para conservar esta nitidez da água a maioria dos poços da região não permite mergulho. No Poço Azul, o turista deve tomar uma ducha antes de entrar, para que óleos corporais e outros produtos químicos sejam eliminados.

fotoss

Apesar do pouco tempo da visita, quem faz snorkel no local não se arrepende | FOTO: Divulgação |

A incidência de raios de sol, que dão luminosidade ao poço e deixam sua água azul, varia conforme a época do ano e horário. O melhor período é entre fevereiro e outubro. Quanto ao horário, o indicado é chegar pela manhã para conseguir visitá-lo entre 12h30 e 14h30. Assim como outros poços da região, o Poço Azul fica dentro de uma fazenda no município de Nova Redenção. Para quem está em Lençóis, basta pegar a BR 142, sentido Mucugê e depois uma saída em uma estrada menor.

A dica é sempre prestar atenção nas placas, pois apesar de precárias elas são certeiras na região. O local fica a 86 km de Lençóis, 64 km de Mucugê e 46 km de Andaraí. Por pertencer a uma propriedade particular, cobra-se R$ 15 a entrada. Não é preciso ir com guia, pois a própria fazenda possui funcionários que acompanham o visitante na gruta. Apesar do pouco tempo da visita, quem faz snorkel no local não se arrepende. Extraído do site de turismo Wanderluster.

Confira fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

4 Comentários Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.