Debandada geral da base governista para a oposição em Itamaraju

Postado em ago 14 2014 - 10:41am por Jornal da Chapada
valter

Paulo Souto com lideranças políticas de Itamaraju | FOTO: Valter Pontes/Coperphoto |

“O último a sair apaga a luz”. Essa expressão popular tornou-se corrente em Itamaraju. Na cidade baiana do Extremo-Sul, a debandada das lideranças políticas locais da base governista para apoiar o candidato a governador, Paulo Souto, da coligação “Unidos pela Bahia” é geral. O prefeito Pedro de Campineira (PSD) lidera o movimento em apoio à chapa oposicionista. Com Campineira, estiveram pessoalmente oficializando a adesão à candidatura de Paulo Souto, no escritório político de Salvador, vereadores e lideranças do PSD, PT, PR, PP e PC do B. O grupo reunia representantes municipais de todos os partidos que formam o arco de aliança do candidato petista à sucessão do governador Jaques Wagner.

“Estamos com Paulo Souto porque ele é o melhor para a Bahia”, justificou de forma taxativa o prefeito de Itamaraju, ao lado do vice Luiz Mário (PP). Lembrando que foi vice do PT na cidade e sempre foi leal à aliança, Pedro Campineira disse que, agora, o tratamento dos petistas com a gestão dele é de total desrespeito. “Nem os correligionários deles que ocupam cinco secretarias no meu governo, eles respeitam. Todo mundo é vítima do radicalismo do PT”.

A insatisfação com o tratamento do governador Jaques Wagner à região se reflete na Câmara Municipal, onde 11 dos 15 vereadores estão com Paulo Souto. O presidente da Casa, Rubens do Hospital (PR), liderou o grupo de vereadores que veio a Salvador, composto por Jânio, Adriano Pinaffo, Luis Pita, Evandro de Jesus e Mazuk, além da secretária Lucilene Curvelo e das lideranças Dai, ex-militante do PT, e Flávio Nascimento.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.