CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

Rui Costa marca reunião com a bancada baiana no Congresso

costa
Governador eleito da Bahia, Rui Costa |FOTO: Divulgação|

O governador eleito Rui Costa deve se reunir com a bancada baiana da Câmara dos Deputados e com senadores na próxima quarta-feira, em Brasília. A informação é do deputado federal José Carlos Araújo (PSD). Segundo o parlamentar, o objetivo da reunião é que o governador eleito pelo PT mostre quais são suas metas e planos para o primeiro ano de governo. “Próxima quarta- feira, a bancada da Bahia vai se reunir com Rui para ele mostrar como vai funcionar o governo. Sou coordenador da bancada e estou convocando todos os deputados, os 39 deputados e senadores”, afirmou.

Uma das principais pautas será a questão do orçamento. “Acho que o mais importante agora é saber sobre quais são as metas para o orçamento do Estado”, acrescentou o deputado federal. A expectativa é que no seu primeiro ano de governo, Rui conte com um orçamento da ordem de R$ 40 bilhões, cerca de 8,3% superior ao orçamento de 2014, que esteve em R$ 36,9 bilhões.

Em meados de outubro, logo após a eleição do petista, a Secretaria de Planejamento do Estado levou a proposta orçamentária à Assembleia Legislativa para ser analisada pelos deputados. Alguns setores considerados como prioridades, segundo os parlamentares na época, afirmaram que não tiveram uma expansão significativa. Na área da Educação, os recursos passarão de R$ 4,804 bi para R$ 4,817 bilhões. Na Saúde, de R$ 5,447 bilhões para R$ 5,812 bilhões; Na Segurança Pública, os recursos sairão dos R$ 3,5 bi este ano para R$ 4,1 bilhões em 2015.

Outro destaque do orçamento de 2015 é que 63,4% dos recursos estarão voltados para a área social. Todas as ações ligadas à questão da mobilidade e acessibilidade urbana terão, juntas, 154,3% a mais de recursos no próximo ano, na comparação. Os investimentos viabilizarão obras, como a linha 2 do metrô de Salvador e a continuidade da construção dos corredores transversais da Avenida Paralela.

Conforme políticos ligados ao PT e à base aliada, o novo governador deverá sustentar a proposta do orçamento de 2015 dando continuidade à recuperação da indústria, ao desempenho da agricultura. Acredita-se também que os investimentos em moradia, saneamento, transporte e energia podem garantir o crescimento da economia baiana. Tais investimentos, no entanto, necessitam dos repasses do governo federal.

Ainda conforme o deputado federal José Carlos Araújo, a reunião ocorrerá em Brasília por volta de 17 horas com os 39 deputados que representam a Bahia na Câmara. O deputado federal comentou ainda o clima pesado que foi instalado na Câmara após o surgimento dos escândalos com a Petrobras. “Está um clima ruim, afetando demais a imagem da Petrobras. Tem que punir e passar uma borracha nisso, tirando aqueles que sujaram o nome da empresa. A maior empresa do Brasil passando por esse constrangimento”, disse. Extraído da Tribuna da Bahia.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas