Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolítica

Chapada: Embate na Justiça decidiu resultado de eleição da Câmara de Mucugê

mucuge
Com a decisão judicial, uma nova eleição foi convocada e a vereadora Iara Soares recebeu oito dos nove votos da Câmara | FOTO: Meramente Ilustrativa/Arquivo |

A eleição da Câmara Municipal de Mucugê, que aconteceu nesta quarta-feira (10), ocorreu após um embate na Justiça entre a presidente eleita Iara Fonseca (PT) e o ex-presidente Roque Hebert Novaes Silva (PMDB) Silva, que já era presidente da Casa por quatro biênios consecutivos. O peemedebista teria adiantado a votação para a eleição do biênio de 2015-2016 e, com base na proporcionalidade da Casa, o advogado de Iara e outros cinco vereadores da Casa, Helinelson Santana, consegui anular na Justiça a eleição que reconduziu Hebert para a presidência da Casa nos dois últimos anos da atual legislatura.

Com a decisão judicial, uma nova eleição foi convocada e a petista recebeu oito dos nove votos da Câmara. Ouvido pelo site Bahia Notícias, Helinelson afirmou que “mesmo dispondo da maioria de 2/3 dos vereadores, a intervenção judicial foi a única maneira diplomática cabível para fazer valer o direito soberano do plenário da casa, haja vista que o ex-presidente sempre fez-se valer de manobras ardilosas e enganadoras, para protelar e/ou não permitir a tramitação das proposituras dos seus colegas que fossem contrárias ao seus interesses pessoais”. Extraído do Bahia Notícias.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios