CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolítica

Chapada: Prefeito de Itaberaba exagera na contratação de temporários e é punido pelo TCM

joão
Renival Pinto denunciou e o prefeito João Filho foi multado em R$10 mil e tem o prazo de 120 dias para reduzir o número de trabalhadores temporários a serviço da prefeitura | FOTO: Reprodução/Jornal da Chapada |

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA) acatou, nesta terça-feira (10), a denúncia formulada pelo eletrotécnico Renival Sampaio França contra o prefeito de Itaberaba, João Almeida Mascarenhas Filho (PP). Segundo a denúncia, entre os anos de 2010 e 2013, o gestor promoveu a contratação inconstitucional de centenas de trabalhadores temporários, em detrimento ao indispensável concurso público. Mesmo convocado, o prefeito optou por não apresentar justificativas para os fatos apontados, sendo julgado à revelia.

Leia também:
Chapada: Jornalistas da Rede Globo são hostilizados no gabinete do prefeito de Itaberaba

João Mascarenhas Filho foi multado em R$10 mil e num prazo de 120 dias terá que reduzir o número de trabalhadores temporários a serviço da prefeitura. O relator, conselheiro Paolo Marconi, em consulta ao sistema SIGA, identificou importante acréscimo no número de trabalhadores temporários no período denunciado. Em dezembro de 2010, a Prefeitura contava com 702 trabalhadores temporários; em 2011, o número passou para 789; no ano de 2012, o total era de 882; e em dezembro de 2013, o número era de 986 temporários. Cabe recurso da decisão.

Etiquetas
Mostrar mais

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Pular para a barra de ferramentas