CidadesCuriosidadesEsportesMenu Principal

Novo presidente do Vitória quer valorizar base: “Fábrica de talentos”

vitória
Presidente do clube na década de 70, Raimundo analisa as principais diferenças que sente no comando do Vitória | FOTO: Reprodução |

O novo presidente do Vitória, Raimundo Viana, eleito na última terça-feira (31), já assumiu o comando do clube e quer priorizar a divisão de base em seu mandato. No primeiro dia de trabalho, o dirigente, ao lado do vice-presidente Manoel Matos, visitou as instalações da base, na Toca do Leão, além de almoçar no refeitório com atletas e funcionários.

“Precisamos manter o título de fábrica de talentos. E isso não se faz com discurso. E sim com ação. A nossa vinda aqui é um indicativo concreto da preocupação que teremos com esse setor, que é vital para o clube”, relata Viana.

Presidente do clube na década de 70, Raimundo analisa as principais diferenças que sente no comando do Vitória. “Naquele tempo, a coisa gravitava em 90% de amadorismo e 10% de profissionalismo. As únicas coisas que continuam as mesmas são a bola, que segue redonda, a cor branca das traves e o verde da grama. As federações e confederações também pouco mudaram”, recorda o gestor. Do site Galáticos Online.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas