Chapada: Marimbus, cachoeiras e a ‘Machu Picchu brasileira” são destaques turísticos em Andaraí

Postado em abr 18 2015 - 12:25am por Jornal da Chapada



foto

A Vila de Igatu é considerada a “Machu Picchu brasileira” | FOTO: Reprodução/Tiago do Reis |

A cidade de Andaraí fica na região central do Parque Nacional da Chapada Diamantina e possui fácil acesso para diversos atrativos naturais da região, como o Rio Marimbus e a Gruta da Paixão. O principal rio que banha o município é o Paraguaçu, um dos raros cursos d’água permanentes no Nordeste. No centro da cidade, os prédios são coloniais da segunda metade do século 19.

A cidade atrai praticantes de esportes radicais e visitantes que não se importam em enfrentar obstáculos naturais para conseguir boas fotos e curtir paisagens. Quem não estiver disposto a enfrentar trilhas e escaladas pode optar por visitar Marimbus, a Vila do Remanso, o Recanto das Orquídeas e a Vila de Xique-Xique de Igatu.

Leia também:
Chapada: Planta que deu origem ao papiro do Egito é abundante no Pantanal do Marimbus
Chapada: Representantes da região querem a construção da Rota Marimbus-Montanha

foto1

Trecho da Rampa do Caim, com vista para o Pati | FOTO: Reprodução |

Igatu
Para chegar a Xique-Xique de Igatu, percorre-se, serra acima, uma estradinha ladeada de flores, de onde se pode usufruir um visual incomum. Nessa vila, que foi uma das capitais do garimpo, tudo é feito de pedras: o calçamento das ruas, as cercas e até os telhados das casas, que aproveitam as cavidades das rochas. Por isso, Igatu é conhecida como a “Machu Picchu brasileira”. A área em que moravam os garimpeiros no século XIX, hoje desabitada e em ruínas, é uma interessante “cidade fantasma”.

Na vila, a Casa de Dona Alzira, antiga residência da única garimpeira de Igatu, que conserva utensílios de garimpo e móveis de época, é um lugar a ser visitado. Fica a 15 km de Andaraí. Na vila de Igatu existem profissionais que organizam passeios até as cachoeiras e trekking em velhas trilhas de garimpeiros. Uma delas é a Rampa do Caim, de onde se tem uma das melhores vistas do Vale do Pati.

Marimbus
Surpresa: um verdadeiro pantanal no coração da Bahia, formado provavelmente pela ação dos drenos do garimpo, que resultou numa grande planície com lagoas interligadas. Os passeios pelas lagoas em barcos infláveis conduzidos por remadores profissionais são experiências relaxantes. Na estrada entre Lençóis e Andaraí. Recomenda-se contratar o passeio em uma agência local ou fazer o trajeto em veículo de tração 4×4.

marimbus

Região de Marimbus, o pantanal nordestino, patrimônio da Chapada Diamantina | FOTO: Rede Globo |

Olho d’Água
Poço de águas cristalinas em parte cobertas por vitórias-régias, com uma gruta no fundo. Quem gosta de mergulhar pode explorá-la e observar a infinidade de peixes que ali existem. A 4 km de Andaraí.

Fazenda do Roncador
A fazenda às margens do rio Roncador tem ótimas cachoeiras. Em seu restaurante, o cardápio inclui comida típica dos quilombos: purê de caroço de jaca, mamão verde salgado, o velho e bom arroz com feijão, macaxeira e carne de sol. Enquanto o almoço é preparado, os visitantes podem se refrescar nas cachoeiras, nas piscinas naturais e escorregar nas pedras lisas e rosadas.

Jornal da Chapada

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

7 Comentários Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.