Chapada: Casa Afrânio Peixoto promove visita guiada com escola municipal de Lençóis

Postado em ago 6 2015 - 3:39pm por Jornal da Chapada
foto

Fachada da Casa Afrânio Peixoto no município de Lençóis | FOTO: Reprodução/Secult |

Alunos da Escola Municipal Coronel Horácio de Matos começaram a conhecer, na quarta-feira (5), a Casa Afrânio Peixoto, no município de Lençóis, na Chapada Diamantina. A unidade é vinculada à Fundação Pedro Calmon/Secretaria de Cultura do Estado da Bahia e a ação faz parte do Projeto Visita Guiada. No total, 13 turmas de estudantes, incluindo Ensino Fundamental, Ginásio e EJA (Educação para Jovens e Adultos), participarão da visita, que continuará acontecendo nos dias 11,12, 18, 19, 25 e 26 deste mês de agosto, em dois horários, às 11h e 16h30.

Quem está conduzindo a atividade e promovendo o intercurso entre os estudantes é a diretora da unidade, Sueli Seixas. De acordo com ela, o projeto tem como finalidade informar aos estudantes a trajetória profissional do médico legista, político, professor, crítico, ensaísta, romancista e historiador baiano Afrânio Peixoto (1876-1947). “Vamos expor para as turmas a vida e as obras desse ilustre polígrafo baiano. Quando esses alunos cursarem uma universidade, futuramente, já saberão que aqui poderão ser encontradas diversas obras literárias, científicas, históricas, filosóficas e da área de medicina”, destaca Sueli.

Acervo
A Casa possui dois espaços que guardam as lembranças e memórias do patrono da unidade. As turmas irão conhecer uma biblioteca que reúne mais de 900 livros escritos, não só por Afrânio, mas por autores lençoenses e da Chapada Diamantina. São títulos relativos a teatro, cinema, literatura de cordel, artes visuais, filosofia e educação. Na oportunidade, as turmas também terão acesso a obras raras escritas pelo padre jesuíta, poeta, escritor e historiador português Serafim Leite e do pintor e escritor português Eduardo Malta.

A Casa Afrânio Peixoto ainda possui em sua estrutura um Memorial onde podem ser encontrados diversos objetos pessoais do polígrafo baiano. Desde um violino de uso pessoal que ele costumava tocar, até indumentárias, como a farda que ele utilizou quando foi nomeado membro da Academia Brasileira de Letras, além da capa e chapéu usados enquanto Afrânio era professor na Universidade de Coimbra, em Portugal.

Sistema
As bibliotecas públicas integram o Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas gerido pela Fundação Pedro Calmon – Secretaria de Cultura do Estado (FPC/SecultBA). O Sistema é composto por seis bibliotecas públicas estaduais localizadas em Salvador, sendo uma delas a de Extensão, com duas bibliotecas móveis, uma no município de Itaparica e uma biblioteca virtual especializada na história da Bahia (Biblioteca Virtual Consuelo Pondé), além de uma Casa de Cultura, no município de Lençóis. O Sistema também fornece consultoria técnica para mais de 400 bibliotecas públicas municipais, comunitárias e espaços de leitura, além de cursos de capacitação para os funcionários destas unidades.​

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.