AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu Principal

Parlamentares querem implantação da Universidade da Chapada e campi em diferentes municípios

foto
Segundo a parlamentar estadual Ivana Bastos, o ensino superior público está cada vez mais próximo da população | FOTO: Divulgação |

Na manhã desta segunda-feira (17), a Assembleia Legislativa da Bahia realizou a audiência pública que debateu a implantação das universidades federais da Chapada Diamantina e do Nordeste da Bahia. O evento, proposto pelo presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Eduardo Salles (PP), reuniu representantes dos poderes Executivo, Legislativo, municipal, estadual e federal, como a deputada Ivana Bastos (PSD).

Caso seja implantada, a Universidade Federal da Chapada (UFCD) beneficiará cerca de 370 mil pessoas em 24 municípios da região. A proposta é que a UFCD tenha reitoria em Seabra e campi em Lençóis, Seabra, Ipirá, Rio de Contas e Morro do Chapéu. Já com a criação da Universidade Federal do Nordeste da Bahia (UFNB), a comissão de educação prevê que instituição beneficie dois milhões de pessoas em 72 municípios.

Segundo a parlamentar estadual Ivana Bastos, o ensino superior público está cada vez mais próximo da população, mas ainda existe a necessidade de aumentar o número de instituições federais no estado para maior inclusão social.

“Apesar de ser uma questão federal, o nosso papel é lembrar e mostrar que precisamos melhorar o acesso ao ensino superior público e de qualidade em algumas regiões da Bahia, que ainda sofrem essa carência de instituições federais e, muitas vezes, o estudante tem que se descolar para outros municípios em busca de formação profissional”, destacou a parlamentar.

PRÓXIMOS PASSOS
A ideia do presidente da Comissão de Educação, deputado Eduardo Salles, é continuar com as audiências públicas em cidades-polo das regiões em questão. “Vamos mobilizar prefeitos para que o debate continue. Sei que a instalação de universidades federais não é da governabilidade de deputados estaduais, mas cabe a nós fomentar a discussão e fazer as articulações políticas para que esse sonho se torne realidade”, planeja Salles.

As próximas audiências serão realizadas nas cidades de Seabra, Itaberaba, Lençóis, Morro do Chapéu, Ipirá e Livramento de Nossa Senhora, para discutir o projeto da Universidade Federal da Chapada Diamantina, e nas cidades de Rio Real, Alagoinhas, Serrinha, Riachão do Jacuípe, Conceição do Coité, Euclides da Cunha e Ribeira do Pombal para o debate sobre a criação da Universidade Federal do Nordeste da Bahia.

“Sei que o governo federal está passando por uma fase economicamente ruim, mas defendo que esse é o momento de discutir. Assim, quando chegar o momento em que a implantação seja financeiramente viável, os projetos ja estarão completos”, diz Salles.

Etiquetas
Mostrar mais

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Pular para a barra de ferramentas