CidadesCuriosidadesMenu Principal

Escolas de Feira de Santana terão empreendedorismo na grade curricular

foto5
O contrato de convênio entre a prefeitura municipal e o Sebrae ocorreu nesta segunda em Feira de Santana | FOTO: Reprodução |

Incentivar o espírito empreendedor e a orientação para os negócios nas novas gerações. Esse é o objetivo do Projeto Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP) que, partir de novembro, será desenvolvido em escolas municipais de Feira de Santana. O contrato de convênio entre a prefeitura municipal e o Sebrae ocorreu na manhã desta segunda-feira (28), na Secretaria de Educação do Município.

Voltados aos alunos do Ensino Fundamental I e II, de 6 a 14 anos, os cursos incentivam o empreendedorismo dentro da sala de aula. “As aulas para os alunos começarão no início do ano letivo de 2016, quando todos os professores já estiverem capacitados pelo Sebrae”, afirmou a secretária de Educação de Feira de Santana, Jayana Ribeiro.

Para o prefeito José Ronaldo de Carvalho (DEM), a intenção é fomentar o empreendedorismo na juventude e fazer com que as crianças e jovens utilizem a energia da idade para algo proveitoso. “Essa iniciativa desenvolve na criança uma postura pró-ativa diante da vida, independentemente do ramo profissional que ela escolher e é importante que as crianças percebam que empreender é uma opção. Além disso, elas terão a oportunidade de aprender algo para a vida, não apenas para ser usado em sala de aula.”

De acordo com o gerente da unidade regional do Sebrae Feira de Santana, Isailton Reis, o município dá um grande passo com a assinatura desse convênio. Segundo ele, empreender não é apenas montar um negócio. “Existe toda uma questão de trabalho comportamental por trás do empreender. E com esse projeto, o Sebrae trabalha esse comportamento. Os cursos implantam a semente do empreendedorismo e estimulam as crianças e os adolescentes a terem iniciativas e atitudes na vida pessoal também”, conta.

A capacitação para os professores tem duração de 28 horas. A metodologia inclui a elaboração do plano de aula para a implantação dos cursos para os alunos. A proposta é que o conteúdo seja transmitido a aproximadamente 1 mil estudantes do Ensino Fundamental em Feira de Santana, a partir do primeiro semestre de 2016. Desde 2014, escolas particulares já desenvolvem o projeto no município.

Sobre o JEPP
Lançado em 2011, o JEPP tem como proposta desenvolver o espírito empreendedor e estimular a orientação para os negócios nas novas gerações. No total, são nove cursos, um para cada ano do Ensino Fundamental, que poderão ser aplicados dentro das disciplinas curriculares ou como atividades extracurriculares, a critério da escola.

Nos primeiros anos de estudo, os alunos aprendem, em oficinas lúdicas, noções sobre plano de negócios. Gradativamente, os conteúdos são aprofundados e novos temas são inseridos, como cultura da cooperação e da inovação, eco sustentabilidade, ética e cidadania.

Com a proposta pedagógica do JEPP para cada ano do Ensino Fundamental, por meio de atividades lúdicas, o ambiente da aprendizagem sensibiliza os estudantes a assumirem riscos calculados, a tomarem decisões e a terem um olhar observador para que possam identificar, ao seu redor, oportunidades de inovações, mesmo em situações desafiadoras. As informações são de Cristhiane Castro, da Agência Sebare de Notícias.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas