Salvador: Suíca espera que a Câmara cumpra seu papel de fiscalizar o poder público

Postado em fev 16 2016 - 4:01pm por Jornal da Chapada
foto6

O vereador Luiz Carlos Suíca durante sessão de reabertura dos trabalhos legislativos | FOTO: Divulgação |

A volta dos trabalhos legislativos em Salvador foi marcada por discursos e debates sobre a atual situação política da capital. Nesta terça-feira (16), o edil Luiz Carlos Suíca (PT) disse que, em 2016, a Câmara de Vereadores terá o papel de ampliar a fiscalização do poder público local e de propor projetos que beneficie diretamente a população. O petista defende ainda que sejam apreciadas as indicações e projetos de lei dos parlamentares municipais por entender que eles estão diretamente ligados à população e sabem como direcionar as demandas.

“Precisamos debater mais as proposições dos vereadores da Casa, aprovar leis de autoria da Casa. Muitos vereadores questionam a dificuldade de aprovar projetos autorais, existem projetos de grande qualidade tramitando e que não avançam, muitos quando aprovados sofrem vetos. Somos representantes da diversidade de setores e bairros da cidade, sabemos melhor como aperfeiçoar a lei para atender os interesses populares”, declara Suíca.

Para o edil petista, do mandato, existem projetos de relevância como o que trata da cota para mulheres nas empresas de vigilância, do Estatuto do Carnaval, que pode ser discutido com os setores da Casa e o que institui a lei que obriga as escolas a possuírem aparelhagem braile. Ainda existe em tramitação, uma proposta que cria o Programa de Redução de Danos para usuários de drogas e outra que regulamenta a profissão de mototaxistas. “Considero ações de fundamental importância para ampliar direitos e garantir excelência na qualidade do ensino, além de serem peças que não estabelecem custos para o Executivo local”, completa.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.