CidadesCuriosidadesEsportesMenu Principal

Brasil: PM de São Paulo informa que não há condições de ter jogos de futebol no domingo

fotot7
Segundo o secretário da SSP, 18 organizações, pró e contra impeachment, solicitaram autorização à SSP para realizarem atos em São Paulo | FOTO: Reprodução |

A Polícia Militar (PM) de São Paulo afirmou, em nota enviada ao site G1, que entrou em contato com a Federação Paulista de Futebol (FPF) para informar que não há condições de ser realizado jogo na cidade de São Paulo no próximo domingo (17) por causa das manifestações contrárias e favoráveis ao impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). A FPF marcou a partida Corinthians x RB Brasil neste dia no estádio Arena Corinthians, em Itaquera, pelas quartas-de-final do Campeonato Paulista. A FPF disse não ter recebido nenhuma manifestação da Secretaria de Segurança Pública (SSP) ou da PM contra a realização dos jogos.

Na mesma nota, a SSP disse também ter entrado em contato com o Ministério Público também para reforçar que não dá para ter jogo domingo. O secretário da Segurança Pública de São Paulo, Alexandre de Moraes, afirmou que iria pedir à FPF para cancelar a rodada de jogos do Campeonato Estadual deste domingo na capital. “A PM já solicitou à federação e hoje [segunda-feira] eu vou reiterar esse pedido para não ter rodada do Campeonato Paulista no dia 17”, disse Moraes.

Em nota, a FPF disse que “não recebeu nenhuma manifestação da Secretaria de Segurança Pública em relação aos jogos do Campeonato Paulista agendados para domingo (17). A FPF esclarece que representante da Polícia Militar esteve presente na reunião do Conselho Técnico da 2ª fase do Campeonato Paulista nesta segunda-feira (11), que definiu datas e locais dos jogos, e aprovou o cronograma proposto e acordado por clubes e FPF”.

Protestos
O calendário da comissão que analisa o pedido de abertura do impeachment na Câmara dos Deputados indica que a votação no plenário da Casa pode ocorrer no próximo domingo. “Se confirmar que a votação na Câmara dos Deputados será no dia 17, temos que evitar qualquer aglomeração porque isso acaba sobrecarregando muito o transporte público na capital”, completou Moraes, que prometeu policiamento nas estações de Metrô, Trens e corredores de ônibus.

Segundo o secretário da SSP, 18 organizações, pró e contra impeachment, solicitaram autorização à SSP para realizarem atos em São Paulo. Alguns grupos já pediram para realizar atos a partir de quinta-feira (14). As informações são do G1.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios