TRE identifica 15 candidatos na Lei da Ficha Limpa em diferentes municípios da Bahia

Postado em set 11 2016 - 11:37am por Jornal da Chapada
foto67

O dispositivo torna inelegível por oito anos políticos com mandato cassado ou condenação em Cortes colegiadas | FOTO: Divulgação |

Dos 31 candidatos a prefeito com registro indeferido pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE) até a noite da última sexta-feira (9), 15 foram pegos pela Lei da Ficha Limpa. O dispositivo torna inelegível por oito anos políticos com mandato cassado ou condenação em Cortes colegiadas, em que o julgamento é feito por vários juízes.

Santa Cruz da Vitória e Sítio do Mato tiveram dois indeferimentos cada uma: Carlos André (PTC) e Geazi Andrade (PP), na primeira; Alfredo Júnior (PDT) e Dionízio da Silva (PSD), na segunda. Completam a lista Ioná Queiroz (PT), em Camamu; Antônio Almeida (PSD), de São José do Jacuípe; Boaventura Cavalcanti (PSL), em Canavieiras; Dagmar Nogueira, do DEM de Casa Nova; Padre Deoclides (PSL), em Serra do Ramalho.

Também estão na lista Doutor George (PPS), de Sapeaçu; Itamar Rios (DEM), em Capim Grosso; Izaque Júnior (PMDB), de São Domingos; Aldemir Bastos (PRB), em Esplanada; Zé Carlos (PDT), de Crisópolis; e Orlando Filho (PSDB), em Buerarema. Até agora, apenas um foi barrado por abuso de poder econômico – Francisco Irmão (SD), de Camaçari. As informações são da coluna Satélite, do jornal Correio.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.