Brasil: Policial que conduziu Cunha à prisão tem processo disciplinar aberto pela PF

Postado em out 25 2016 - 1:02pm por Jornal da Chapada
brasil

“Hipster da Federal” participou do programa “Encontro com Fátima Bernardes” sem autorização da PF | FOTO: Reprodução |

Um processo disciplinar foi aberto na última segunda-feira (24) pela Polícia Federal (PF) contra o agente Lucas Valença, que ficou famoso durante a condução do ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) à prisão. Lucas ficou conhecido como “Hipster da Federal”, participou do programa “Encontro com Fátima Bernardes”, da “TV Globo”, sem autorização da corporação.

A assessoria de imprensa da PF confirma a abertura do processo, mas não deu mais detalhes. No programa, Valença disse que está saindo de férias, mas garantiu que o afastamento não tem relação com a repercussão de sua imagem nas redes sociais. Ele afirmou ainda que espera poder voltar a trabalhar normalmente, sem que a fama interfira nas suas atividades na corporação.

Apesar de não ter sido autorizado a dar entrevistas, o “Hipster da Federal” evitou dar detalhes sobre a ação que resultou na prisão de Cunha, alegando não poder fornecer informações operacionais. Sobre as postagens feitas em suas redes sociais com críticas à ex-presidente Dilma Rousseff (PT), Valença disse que “todos podem e devem ter opinião política”, mas que optou por apagar as mensagens para “evitar problemas futuros”. As informações são de Último Segundo – IG.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.