Projetos são selecionados pela Secult; Festival de Jazz do Capão está entre eles

Postado em nov 18 2016 - 12:35pm por Jornal da Chapada
jazz

Os proponentes agora terão que apresentar a documentação necessária para o conveniamento | FOTO: Reprodução |

O resultado da análise de mérito dos projetos inscritos no Edital de Eventos Calendarizados da Secretaria da Cultura da Bahia (Secult-BA) foi divulgado, tendo sido selecionadas 15 propostas com validade para o próximo triênio (2017-2019). A linha de fomento tem o objetivo incentivar a realização de atividades culturais consolidadas, com a formação de um calendário que contemple os diversos segmentos da cultura do Estado.

O detalhe é que foi liberada uma suplementação de recursos de pouco mais de R$ 219 mil, anuais, além dos R$ 3 milhões/ano já investidos. Os projetos vencedores contarão com o apoio do Fundo de Cultura da Bahia. A análise de mérito foi realizada por uma comissão formada por especialistas nas diversas áreas da cultura e analisou 66 propostas que envolvem iniciativas culturais consolidadas.

O teto de investimento é de R$ 300 mil por edição de cada projeto. São considerados eventos calendarizados as iniciativas realizadas por pessoas jurídicas, com temática cultural específica ou diversificada, sob a forma de bienais, colóquios, conferências, painéis, festivais, entre diversos outros formatos com periodicidade anual e duração superior a um dia.

Foram selecionados os projetos: Festival de Jazz do Capão, Festival Internacional da Sanfona, Vivadança Festival Internacional, IX Festival Internacional do Chocolate e do Cacau da Bahia, Festival Internacional dos Artistas de Rua, Panorama Internacional Coisa de Cinema, Fenafits – Festival Nacional de Teatro Infantil de Feira de Santana, Mostra Cinema Conquista, Encontro de Cordas do ICED, Festival de Dança de Itacaré – ano IV, XXVII Cantoria de São Gabriel, IC Encontro de Artes, Fiac Bahia, Semana da Cultura Territorial de Conceição do Coité – Circuito das Artes do Sisal, Filte Bahia 10 anos e Mais – Festival Internacional Latino Americano de Artes Cênicas da Bahia.

Os proponentes agora terão que apresentar a documentação necessária para o conveniamento. Presidente da Comissão de Mérito, o superintendente de Promoção Cultural da Secult-BA, Alexandre Simões, disse que os projetos inscritos mantiveram o nível de qualidade da edição do triênio anterior (2012-2015), que foi prorrogada até 2016. “Esse é um dos editais mais representativos do Fundo de Cultura, pois permite a formação de um calendário cultural anual diversificado, garantindo aos realizadores estabilidade e possibilidade de planejar com tranquilidade as edições, o que fortalece os empreendimentos e garante ao Estado maior visibilidade”. Com informações da Secult.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.