Chapada: Professores de Iaçu ocupam prefeitura; justiça determina pagamento dos salários

Postado em nov 22 2016 - 9:31am por Jornal da Chapada
foto6

Professores mantêm o estado de greve desde o dia 7 de novembro | FOTO: Divulgação |

Professores da rede municipal de ensino de Iaçu, na Chapada Diamantina, ocuparam a prefeitura local na última segunda-feira (21) como forma de protesto contra o atraso nos salários. Há professores com mais de dois meses atrasados. Desde o dia 7 de novembro, a classe parou as atividades no município.

Conforme informações passadas pelos profissionais da educação de Iaçu ao Jornal da Chapada (JC), a Polícia Militar foi chamada para retirar os manifestantes da prefeitura. “Hoje nossa ida na prefeitura foi assim, polícia para manter os educadores calados”, salienta um dos educadores.

pm

A PM foi chamada para acompanhar o protesto | FOTO: Divulgação |

Uma professora, que não quis se identificar, enviou ao JC uma cópia da liminar judicial em favor da classe. No documento oficial é exigido o pagamento dos salários em até 48 horas. Caso a liminar seja descumprida será aplicada uma multa de R$10 mil por dia.

Em Iaçu, apenas as escolas em Lajedo Alto não aderiram à greve deflagrada no último dia 7 de novembro. Outras isoladas na zona rural também seguem com atividades. “Fomos em Lajedo Alto para conversar com os educadores e mostrar que a atitude deles não está condizente com o que foi decidido em assembleia”, afirma um grevista.

As informações passadas ao JC constam que o grupo de professores quer bloqueio das verbas do município e pediram ao Ministério Público que investigasse as verbas do Fundo de Manutenção da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) em Iaçu.

Jornal da Chapada

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.