Chapada Diamantina com previsão de tempo firme no final de semana prolongado

Postado em abr 13 2017 - 7:13pm por Jornal da Chapada
foto5

O clima na Chapada é propício para trilhas, caminhadas e banhos em meio à beleza da região | FOTO: Nápio Guia |

As condições do tempo previstas para os próximos dias na Bahia, que inclui o final de semana prolongado, devido ao feriado da sexta-feira santa, continuam sendo de algumas mudanças, principalmente em relação às chuvas, pois mesmo com a atuação da massa de ar quente e seco, a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) ainda poderá contribuir para a ocorrência de chuvas fracas em algumas localidades, sobretudo na região Norte e na faixa centro-norte das regiões Oeste e São Francisco. Para as demais áreas das regiões Oeste e São Francisco, além da maior parte da Chapada Diamantina, Sudoeste, a massa de ar quente e seco continua sendo o sistema predominante, mantendo, assim, o céu parcialmente nublado a claro e com poucas chances de chuvas.

Além de reduzir a nebulosidade e as chuvas, a atuação dessa massa de ar também está influenciando nas temperaturas essas regiões, onde as máximas poderão chegar aos 36°C, principalmente no Norte, Oeste e São Francisco. Ainda assim, temperaturas mais amenas são esperadas em outras localidades, a exemplo das áreas serranas da Chapada Diamantina e Sudoeste, onde as mínimas poderão chegar aos 16°C. É sempre bom lembrar que, a ZCIT atua com mais intensidade no período entre os meses de fevereiro e maio, sendo este o principal sistema meteorológico responsável pelas chuvas em grande parte dos estados do Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte e oeste da Paraíba e Pernambuco.

Na Bahia, esse sistema pode influenciar o tempo no extremo norte do Estado, aumentando a nebulosidade e as chances de chuvas, a exemplo do que está previsto para os próximos dias. Nas regiões do Recôncavo, Nordeste e Sul, onde também há previsão de chuvas fracas, quem continua predominando são os ventos úmidos vindos do Oceano Atlântico. Além disso, a passagem de uma frente fria (mesmo enfraquecida) pelo litoral sul do Estado poderá intensificar esses ventos e, consequentemente, as chuvas. No entanto, as maiores chances de chuvas mais significativas continuam sendo para as localidades mais próximas ao litoral.

Mesmo com essa previsão de chuvas, as temperaturas se manterão elevadas nessas regiões, com máximas podendo chegar aos 34°C, o que deverá contribuir para que estas ocorram. Para a cidade de Salvador e região metropolitana, os ventos úmidos vindos do Oceano Atlântico também manterão o céu parcialmente nublado e com possibilidade de chuvas fracas, sobretudo durante a noite e nas primeiras horas da manhã. As temperaturas na capital baiana continuam elevadas, com valores variando entre mínimas de 22°C e máximas de 32°C.

Maré
Entre os dias 14/04 (sexta-feira) e 16/04/2017 (domingo), a maré deverá atingir sua altura máxima no período entre às 05h00min e às 07h00min e entre às 17h00min e às 19h00min, com valores variando de 1,6 a 2,6 metros. Já as alturas mínimas deverão ser registradas no período entre às 11h00min e às 13h00min e entre às 23h00min (do dia anterior) e à 01h00min (do dia seguinte), com valores variando de 0,4 a 0,8 metro. As ondas previstas deverão ter agitação fraca, com altura máxima podendo chegar a 1,5 metro.

Índice de Radiação Ultravioleta (IUV’s)
O início do outono apresenta características semelhantes a do verão, ou seja, com temperaturas elevadas e chuvas mais intensas, além do aumento da incidência de radiação solar e, consequentemente, dos Índices de Radiação Ultravioleta (IUV’s). Tal situação pode ser vista na previsão para o período entre os dias 14 e 16 de abril (sexta-feira a domingo) quando estes deverão variar de 10 a 12 em todo o Estado.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), estes IUV’s fazem parte das categorias de intensidade “Muito Alta e Extrema”, o que requer cuidados quanto à exposição prolongada à radiação solar, principalmente, nos horários das 10 às 16 horas, quando há maior incidência dessa radiação. Com isso, para minimizar os danos causados a saúde, recomenda-se a utilização de protetor/filtro solar, chapéus, bonés, óculos escuros e roupas leves, etc. As informações são do Inema.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.