Temer fará pronunciamento para explicar intervenção militar na área de segurança do Rio

Postado em fev 16 2018 - 11:33am por Jornal da Chapada
temer

Generais do alto comando do Exército de todo o país fazem reunião por videoconferência para discutir os detalhes da intervenção federal na segurança pública no Rio de Janeiro | FOTO: Fernando Frazão/Agência Brasil |

O presidente Michel Temer fará um pronunciamento em cadeia de rádio e televisão nesta sexta (16) às 20h30 para explicar à população os motivos que levaram à intervenção do governo federal na segurança pública do Rio de Janeiro. Temer vai assinar o decreto na tarde de hoje com a presença do governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Eunício Oliveira, e de ministros das áreas política e de segurança. A crescente violência no Rio de Janeiro fez com que intervenção tenha sido acertada em reunião na noite de quinta-feira (15), no Palácio da Alvorada. Desde o início desta manhã, integrantes da cúpula do Exército estão reunidos em Brasília discutindo detalhes da intervenção.

Alto comando do Exército está reunido
Generais do alto comando do Exército de todo o país fazem reunião por videoconferência para discutir os detalhes da intervenção federal na segurança pública no Rio de Janeiro desde as 9h desta sexta-feira (16). Com a medida, o comando das forças de segurança pública do Rio de Janeiro ficará a cargo do Exército. O general Walter Souza Braga Netto, comandante do Comando Militar do Leste (CML), apontado como o interventor, participa da reunião. Segundo a assessoria de imprensa da corporação, o general Braga Netto vai embarcar ainda hoje do Rio de Janeiro em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) para Brasília.

Braga Netto é natural de Belo Horizonte. Segundo o Ministério da Defesa, ao longo de sua carreira comandou o 1º Regimento de Carros de Combate e foi chefe do Estado-Maior da 5ª Brigada de Cavalaria Blindada e do Comando Militar do Oeste. Durante os Jogos Rio 2016, atuou como coordenador-geral da Assessoria Especial para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Comando Militar do Leste. Antes de assumir o CML, era comandante da 1ª Região Militar (Região Marechal Hermes da Fonseca). Tem 23 condecorações nacionais e quatro estrangeiras, segundo o ministério. Da Agência Brasil

Acompanhe ao vivo

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.