Chapada Diamantina é o recanto da rara rosa do deserto; veja trecho do Globo Repórter sobre o tema

Postado em fev 24 2018 - 4:49pm por Jornal da Chapada
foto

A equipe do Globo Repórter foi até o coração da Bahia para conhecer um casal que se dedica a multiplicar a criação dessa rosa muito resistente e bela | FOTO: Montagem do JC |

O primeiro Globo Repórter do ano, exibido na última sexta-feira (23), na Rede Globo, voltou com matérias belíssimas e com a região da Chapada Diamantina em evidência. As belezas da região foram parar nas telas mais uma vez e agora exaltando o “encanto das flores”. A reportagem investiga “um dos segredos da vida” no município de Morro do Chapéu, onde um casal se dedica a multiplicar a criação da rosa do deserto – resistente e bela planta. Como os próprios produtores denominaram, o programa “revela a beleza de um mundo mágico, com prosperidade e mostrando que cresce o número de brasileiros que ganham a vida trabalhando com flores”.

Conforme publicação no site do programa global, o movimento do ciclo da vida renova a admiração pela flora brasileira e estimula a curiosidade dos pesquisadores. O Globo Repórter apresentou o jardim encantado que fica em Morro do Chapéu, mas que veio de muito longe – de desertos da Ásia e da África. O lugar ideal para o casal Damares Rodrigues e Júlio Vilar, dois engenheiros agrônomos aposentados, se dedicar a multiplicar a criação da flor.

“A variedade é imensa. O que o Seu Júlio faz ali é o que os polinizadores fazem na natureza. Na Chapada, as rosas têm tudo de que precisam: solo perfeito, sol e água na medida certa. Mas tem um ingrediente que tem feito toda a diferença para deixá-las lindas todos os dias: amor”, diz trecho de texto publicado pelo programa em seu site oficial. O Jornal da Chapada reproduziu a parte que fala sobre a Chapada Diamantina e destaca uma fala sobre amor da engenheira Damares Rodrigues – importante nos dias atuais.

“Isso é muito interessante porque transborda e passa para a nossa vida pessoal. Nós estamos há 45 anos casados, fora o tempo de namoro lá na universidade. Ele é tímido, mas eu não… As flores estão com as pessoas nas horas mais incríveis, do nascer, no crescer, no casamento, e na hora de morrer. Porque ela demonstra saudade, o amor, e tudo que nos vem diretamente do coração”, afirma Rodrigues. Jornal da Chapada com informações do Globo Repórter.

Confira o trecho correspondente à Chapada Diamantina

Assista o programa na íntegra

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.