Chapada: Festival de Lençóis retorna a todo vapor com Maria Rita, Saulo e Àttooxxá; saiba mais

Postado em abr 15 2018 - 2:20pm por Jornal da Chapada

A organização do festival já divulgou a lista dos principais artistas do evento deste ano | FOTO: Montagem do JC |

Evento mais aguardado do calendário de festas da Chapada Diamantina, a 19ª edição do Festival de Lençóis já está confirmada, tem data e algumas atrações definidas. Comumente realizado no feriado do mês de outubro, de forma atípica, este ano o festival acontecerá entre os dias 31 de maio a 2 de junho, na praça Horácio de Matos, no centro histórico da cidade. A produção do evento, que é aberto ao público, já divulgou a lista dos principais artistas.

O primeiro dia (31/5) estreia com Àttooxxá, banda revelação do Carnaval de Salvador 2018, cuja música de trabalho ‘Elas Gostam’ (Popa da Bunda), interpretada em parceria com Psirico, foi a escolhida como a melhor do carnaval deste ano. Na sexta (1º/6) é a vez da cantora e compositora Maria Rita subir no palco do Festival. Já no sábado (2/06), Lençóis receberá o cantor, compositor e instrumentista Saulo Fernandes. O evento ainda contará com as apresentações das bandas Spectro (com o tributo ao Pink Floyd) e a The Baggios, que toca blues rock dos anos 1970.

O Festival de Lençóis é o festival de música mais antigo da Bahia | FOTO: Diego Mascarenhas/GOVBA |

“Para os baianos que moram fora, como é meu caso, será imprescindível retornar a minha terra para presenciar o nosso Festival de Lençóis, que retorna em 2018, renovando a importância de nossa região para o circuito cultural brasileiro”, comenta o músico baiano Rodrigo Mendonça, que atualmente mora em São Paulo. Ele ainda sugere “se puder, não perca a banca Spectro com um tributo incrível a Pink Floyd”.

O Festival de Lençóis – festival de música mais antigo da Bahia – é um evento tradicional e o mais esperado por moradores chapadeiros e visitantes de toda parte do Brasil e do mundo. O evento é muito mais que atrações musicais nacionais e locais, é uma ação de fomento ao turismo, à economia, cultura e à conscientização ambiental. Em 2017, o Festival foi suspenso por falta de patrocínio, mas este ano retorna com toda força, atraindo milhares de visitantes.

Jornal da Chapada

Maria Rita

Saulo Fernandes

Àttooxxá

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.