EPS amplia atuação e monta grupo no território do Sisal com lideranças de 20 municípios baianos

Postado em jul 30 2018 - 5:25pm por Jornal da Chapada

Lideranças políticas de Serrinha e região sisaleira entram para a EPS e fortalecem reeleição de Valmir Assunção | FOTO: Vitor Fernandes |

A corrente do Partido dos Trabalhadores (PT), Esquerda Popular Socialista (EPS), ampliou sua atuação e criou uma célula no Território do Sisal com lideranças de 20 municípios baianos. Uma reunião, nesta segunda-feira (30), em Salvador, no escritório político do deputado federal e uma das lideranças da EPS na Bahia, Valmir Assunção (PT-BA), fechou os detalhes para o ingresso dos líderes. Um ato em Serrinha vai selar a entrada dos novos membros, a data ainda será definida. “Vamos seguir levando para o povo a importância de termos um projeto popular forte e a EPS faz isso. São 113 dias do ex-presidente Lula preso de forma injusta e que afeta diretamente a democracia, já que ele é líder nas pesquisas para o cargo maior da nação. É importante lutar ainda mais para termos um projeto com fortes lideranças”, aponta Valmir.

Participaram da reunião em Salvador, o ex-deputado estadual Yulo Oiticica, que levou o grupo formado pelo ex-vereador de Serrinha, Malcon Greenhalgh, pelo vice-presidente da 17ª zonal do PT, Marcos Aranha, além do bacharel em Direito, Patrício Souza, os membros dos movimentos de juventude e negro, Fernando da Paixão e Cláudio de Souza Silva, e o secretário Nacional de Movimentos Populares do PT, Ivan Alex. “Prenderam Lula pelo que ele fez de bom. É uma injustiça com o povo brasileiro que estava tendo uma dívida social de centenas de anos paga pelo então presidente. E a EPS faz exatamente essa análise e compreende que é prioridade número um ter Lula livre e candidato. A prioridade número dois é justamente reeleger o governo exitoso de Rui Costa”, salienta Yulo. Para Ivan Alex, será fundamental a ampliação da EPS na Bahia. “Será uma honra voltar a fazer o debate político sobre os rumos do PT em Serrinha e na região sisaleira”, sinaliza.

A corrente petista atua para reeleger o deputado Valmir Assunção e para conduzir dois deputados estaduais, Mário Jacó (PT) e Luiz Carlos Suíca (PT).A EPS está em peregrinação militante em torno dos debates do projeto para o próximo governo estadual. “É dentro dessa política de expansão que damos um passo importante nesse momento. Construir uma célula da EPS no Sisal, coisa que ainda não temos, e a vinda do ex-vereador Malcon Greenhalgh são grandes acontecimentos. Foi vereador, secretário e líder de governo na Câmara de Serrinha em uma gestão petista. É uma pessoa que tem sua história e testemunho de luta em Serrinha, mas também em toda o território do Sisal e até fora dele. Greenhalgh fez política em diferentes cidades desta região, construindo políticas públicas, formulando a construção do partido”, completa Oiticica.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.