CidadesCuriosidadesEducaçãoMenu Principal

Chapada: Feira Literária de Mucugê homenageia Castro Alves em 2019; evento será entre 15 e 18 de agosto

“Com Castro Alves, a literatura é ato de amorosidade e de denúncia social”, diz a professora Ester Figueiredo, responsável pela curadoria da Fligê | FOTO: Montagem do JC/Fligê |

O homenageado da edição 2019 da Feira Literária de Mucugê (Fligê) será o escritor baiano Castro Alves (1847-1871). Este ano, o evento terá sua programação desenvolvida entre 15 e 18 de agosto na cidade da Chapada Diamantina. Como dizia Afrânio Peixoto, o primeiro nome homenageado pela Fligê (veja aqui), Castro Alves é “o maior poeta brasileiro, lírico e épico”.

A professora Ester Figueiredo, responsável pela curadoria da Fligê, explica que “homenagear Castro Alves justifica-se por encontrar em sua obra, além do apelo de sua escrita de vida breve e longa existência literária, as diásporas dos navios negreiros da atualidade e as distopias a serem reveladas para que a literatura seja ainda mais necessária para interpretar a realidade social. Com Castro Alves, a literatura é ato de amorosidade e de denúncia social”.

Conforme informações publicadas em página oficial, será a partir das letras que a Fligê envolve outras linguagens artísticas, como o cinema, a música, as artes plásticas e o teatro, em consonância com o tema central, a atualidade e as práticas e vivências sociais, imersas ou não no mundo da leitura. Desde a primeira edição, em 2016, o objetivo da Fligê é promover atividades relacionadas ao conhecimento.

Também foca na formação, na produção e na difusão do livro e na literatura brasileira, baiana e regional, “proporcionando à população e a visitantes da Chapada Diamantina uma nova experiência literária, envolvendo as escolas públicas da cidade, mobilizando professores, diretores e alunos da rede de ensino”.

Desde que foi criada, a Fligê tem uma programação que inclui conferências, rodas de conversa, lançamento de livros, oficinas, leituras performadas, contação de estórias. Também oferece espaços dedicados à música (shows e concertos), ao cinema (FligêCine), ao público infantil (Fligêzinha) e visita à vila de Igatu (Fligê&Tu), entre outras atividades.

A Feira Literária de Mucugê é uma realização do Governo da Bahia, por meio da Secretaria Estadual de Cultura (Secult), em parceria com o Coletivo Lavra e com o apoio de recursos de emendas parlamentares do orçamento da União. Jornal da Chapada com informações de assessoria.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas