#Polêmica: Ministro da Educação erra conta simples em demonstração sobre cortes em universidades

Postado em maio 10 2019 - 12:09pm por Jornal da Chapada

Como é sabido por qualquer estudante de nível médio que 35% de 100 não é 3,5 | FOTO: Divulgação |

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, cometeu mais um deslize ao comparar o corte de aproximadamente 35% nos recursos destinados à universidades e institutos federais anunciado pelo governo. No intuito de ser didático ele levou quatro caixas contendo 25 bombons em cada, ou seja, 100 chocolates, e errou na conta.

“A gente está pedindo simplesmente que, 3 chocolatinhos, desses 100 chocolates, 3 chocolatinhos e meio… Deixa eu só cortar aqui, presidente. 3 chocolatinhos e meio. Esses 3 chocolatinhos e meio a gente não está falando para a pessoa que vai cortar. Não está cortado. Deixa para comer depois de setembro. É só isso que a gente tá pedindo. Isso é segurar um pouco”, afirmou.

Como é sabido por qualquer estudante de nível médio que 35% de 100 não é 3,5. Como o fato ocorreu durante uma transmissão ao vivo pelas redes sociais com o presidente Jair Bolsonaro (PSL), na noite da última quinta-feira (9), obviamente o ministro virou alvo de piadas nas redes sociais.

Até mesmo Fernando Haddad, ex-candidato à presidência pelo PT, ironizou: “Kaftas e chocolates: Ministro do Bozo usa bombom para explicar cortes em universidades, mas erra conta. Leitura e matemática não são o forte dessa rapaziada”. Jornal da Chapada com informações da Revista Fórum.

Leia também

#Polêmica: Ministro da Educação confunde Kafka com kafta e vira motivo de memes

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.