Chapada: Centro trabalha com atendimento em Educação Especial no município de Itaberaba

Postado em maio 21 2019 - 6:23pm por Jornal da Chapada

O Ceape se tornou um centro de referência em educação inclusiva e conta com laboratórios especiais | FOTO: Montagem do JC/Ascom |

Cerca de 150 pessoas portadoras de deficiência que moram em Itaberaba já são atendidas pelo Centro de Apoio Pedagógico em Educação Especial (Ceape) da cidade localizada na Chapada Diamantina. A instituição pública realiza atendimento educacional especializado no âmbito da Política Nacional de Educação Especial.

O Ceape, como é conhecido hoje, tornou-se um centro de referência em educação inclusiva e conta com laboratórios especiais, a exemplo da sala de Prática Educativa para a Vida Independente (Pevi), que ensina, a pessoas cegas ou com baixa visão, técnicas que permitem a elas serem independentes para realizar tarefas cotidianas com segurança, mobilidade e orientação espacial.

A sala de Pevi consiste em espaço que simula o ambiente doméstico, com quarto de dormir, sala de estar, além de copa e cozinha (com diversos objetos e utensílios específicos desses espaços) onde o treinamento é realizado de forma individual. Para Ilário Jesus Silva, 47, que perdeu a visão aos 30 anos de idade, a sala de Pevi mudou a sua vida completamente.

“Quando eu vim para cá, eu não sabia fazer nada sozinho. Hoje, eu varro minha casa, lavo minhas roupas, cozinho minha comida, faço meu café, minha feira. E faço tudo isso sem depender de mais ninguém, graças ao que a gente aprendeu aqui, na sala do Pevi do Ceape, para praticar no dia-a-dia”, conta bem humorado Ilário, que mora só.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O professor Benedito Flávio destaca que o Ceape de Itaberaba não deixa a deseja para nenhum outro Centro no Estado. “Enquanto instituição voltada para o atendimento pedagógico especializado, o centro não fica devendo nada a nenhum outro município, porque aqui os profissionais estão sempre realizando capacitação para atender cada vez melhor”, observa o professor.

Já para Edivaldo Oliveira Queiroz, 57, encontrar o Ceape foi a realização de um sonho para ele que, assim como Ilário, também é cego, “o centro melhora a qualidade de vida das pessoas em todos os aspectos. O primeiro passo que eu queria dar em minha vida era estar em uma escola e o Ceape foi a realização desse sonho. A gente chega aqui sem conhecer nada, nem os materiais e, com ajuda dos professores, a gente começa a descobrir um mundo diferente”, afirma seu Edivaldo.

Nos últimos dois anos, a gestão Cidade de Todos ampliou o espaço, com a construção de área coberta, e a equipe pedagógica do Ceape que passou a contar com educadores brailistas e de sorobã (que ensina matemática para cegos), além de mais um profissional em Atendimento Educacional Especializado (AEE) e de investir na capacitação da equipe técnica do Centro.

O Ceape de Itaberaba fica localizado na Rua 18 de Maio, 342, no Centro, no prédio do antigo Colégio Alexandre Leal Costa, e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Para maiores informações ligue para o atendimento do Ceape no número 75 3251 7996. Com informações de assessoria.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.