Chapada: Forró do Idoso, promovido pelo Cras, leva tradição junina para Nova Redenção

Postado em jun 18 2019 - 11:34am por Adalício Neto

O ‘Forró do Idoso’ integra a comunidade com os beneficiados pelos projetos e programas sociais implantados pelo ‘Governo da Reconstrução’ | FOTO: Divulgação |

A noite do último domingo (16) foi de festa em Nova Redenção, município da Chapada Diamantina. É que ocorreu o ‘Forró do Idoso’, no Centro de Cultura Consuêdes Benevides (CCS). O evento contou com a participação dos grupos do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), com os grupos de Dança e o de Ballet Maria Maria, além dos integrantes do Núcleo de Cidadania dos Adolescentes (Nuca), apresentando danças típicas do São João.

O ‘Forró do Idoso’ completou 13 anos, teve a sua primeira edição em 2006, durante o governo do líder político Ivan Soares, o objetivo sempre foi integrar a comunidade com os beneficiados pelos projetos e programas sociais implantados pela gestão municipal. A prefeita Guilma Soares (PT), do ‘Governo da Reconstrução’, fez a abertura do evento lembrando a origem da festa dedicada à Melhor Idade. Ela falou dos detalhes da sua criação, da qual ela participou quando primeira-dama.

Para o Grupo da Melhor Idade teve desfile, dança típica e entrega de colares e lenços (do tipo gravata) aos participantes da festa. A entrega foi realizada pela prefeita, por Ivan, pelo vereador Ariston Teles, pelo secretário de Esporte, Epaminondas Anjos, e demais membros da gestão municipal presente.

Confira mais imagens do ‘Forró do Idoso’

Este slideshow necessita de JavaScript.

O São João do Cras foi animado pela artista local Meirão, com a Banda Espaço Livre, e também foi marcado pelo talento dos jovens que integram o Nuca, com a quadrilha junina AnimaNuca, pelo encanto das meninas do Ballet Maria Maria, que apresentaram dança típica junina, pela beleza da quadrilha do grupo de dança do Cras, com o tema cangaço.

O líder político Ivan Soares lembrou com orgulho da criação do Carnaval e do Forró da Melhor Idade em seu governo, e disse que, no que depender do ‘Governo da Reconstrução’, a dedicação para com aqueles que fazem parte da história do município vai continuar, para a alegria, saúde e bem estar de todos. No final da festa, a equipe do Cras, responsável pela organização, serviu quentão, mungunzá, amendoim, bolo de milho e chocolate quente. A noite, embora fria e chuvosa, não prejudicou o arrasta pé do idoso e foi de satisfação para todos os presentes.

Jornal da Chapada

Sobre o Autor

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.