CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

#Polêmica: “Quem manda sou eu”, diz o presidente Bolsonaro após Marcha para Jesus em São Paulo

Jair Bolsonaro deu uma declaração polêmica sobre edição de medida provisória que devolve a demarcação de terras indígenas ao Ministério da Agricultura e ainda atacou jornalistas: “Que que vocês estão querendo? A imprensa aqui é Lula livre, é isso?” | FOTO: Divulgação |

O presidente Jair Bolsonaro (PSL), após participação na Marcha para Jesus nesta quinta-feira (20), em São Paulo, deu uma declaração polêmica sobre edição de medida provisória que devolve a demarcação de terras indígenas ao Ministério da Agricultura e ainda atacou jornalistas que o questionavam sobre Sérgio Moro.

“Quem demarca terra indígena sou eu! Não é ministro. Quem manda sou eu. Nessa questão, entre tantas outras. Eu sou um presidente que assume ônus e bônus”, afirmou Bolsonaro em coletiva de imprensa. A declaração veio um dia depois do MPF se manifestar contra a reedição da MP, que colocou novamente sob responsabilidade do Ministério da Agricultura a função de demarcar as terras indígenas, antes sob responsabilidade do Ministério da Justiça.

Na coletiva, o presidente também atacou jornalistas que faziam perguntas sobre Sérgio Moro: “O Sérgio Moro é um patrimônio nacional. Que que vocês estão querendo? Vocês querem voltar ao que era antes? A imprensa aqui é Lula livre, é isso? É Lula livre, é o bandido livre? Condenado por três instâncias. Pelo amor de Deus, vamos ser coerentes. Por isso cada vez mais a imprensa cai em descrédito no Brasil. Pelo amor de Deus, pô”. As informações são da Revista Fórum.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas