CidadesCuriosidadesEconomiaMenu Principal
Trending

#Brasil: Preço da cesta básica pode subir 22% se governo retirar isenção para produtos

Alguns itens, como feijão, arroz, pão, leite e queijos, são isentos da cobrança de PIS/Cofins desde 2004.

O Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT) calculou um aumento de 22% da cesta básica caso o governo federal implante a medida anunciada de retirar totalmente com a isenção de produtos da cesta. Atualmente, em São Paulo, o custo da cesta básica é de R$ 473,59, com desoneração quase total. Sem a isenção, o preço seria de R$ 581.

“O cálculo que fazemos é com base em São Paulo, porque é o estado representa 40% do PIB do Brasil. Hoje, são cobrados ICMS e tributos sobre o lucro e sobre a folha de salários. Os itens encareceriam bastante se voltassem a ser cobrados PIS/Cofins e IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados)”, explicou o presidente executivo do IBPT, João Eloi Olenike, ao jornal Extra.

Alguns itens, como feijão, arroz, pão, leite e queijos, são isentos da cobrança de PIS/Cofins desde 2004.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas