CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolítica
Trending

Chapada: Prefeito de Mucugê tem recurso negado em ação que pedia fim de votação em escolas

O gestor chegou a argumentar que a legislação em vigor tira a competência dele de nomear servidores em cargos comissionados e por sua vez, de pessoas “da confiança” dele.

O prefeito do município de Mucugê, na Chapada Diamantina, Cláudio Manoel Luz Silva (PSD), teve uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) rejeitada pelo Tribunal de Justiça do Estado (TJ-BA). A decisão é desta quinta-feira (12).

Manoel Luz tentava reverter na Justiça uma lei municipal [Lei 481/12] que determinou a escolha de diretores e vice-diretores de escolas através de votação direta da comunidade escolar.

O gestor chegou a argumentar que a legislação em vigor tira a competência dele de nomear servidores em cargos comissionados e por sua vez, de pessoas “da confiança” dele.

Na decisão, o relator do caso no Tribunal Pleno do TJ-BA, desembargador Carlos Roberto Santos Araújo, considerou o interesse público para fazer com que a lei seja mantida.

O magistrado entendeu que a medida em questão “deve ser indeferida neste momento e analisada de forma acurada à frente” pelo mesmo Tribunal. As informações são do Bahia Notícias.

Leia também

Chapada: Mucugê está com os recursos do FPM bloqueados; secretário afirma que situação será regularizada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas