CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal
Trending

Deputado defende ações rápidas do governo: “Central e utilização do Hospital Espanhol são fundamentais”

Marcelo Veiga diz que o governador Rui Costa tem acompanhado diretamente com a equipe de governo as medidas implementadas para conter o avanço da doença.

O espaço do Hospital Espanhol e a Central Integrada de Comando e Controle da Saúde da Bahia são duas importantes ações do governo estadual no combate ao novo coronavírus (Covid-19). Quem defende essa posição é o deputado estadual Marcelinho Veiga (PSB) que cobrou que essas ações sejam imediatamente qualificadas para atender a demanda crescente dos casos. Nesta quarta-feira (18), o parlamentar disse que o governador Rui Costa (PT) tem acompanhado diretamente com a equipe de governo as medidas implementadas para conter o avanço da doença.

“A decisão da Justiça Federal foi de suma importância. O pedido do governador, via Procuradoria-Geral do Estado [PGE], foi aceito e o governo vai poder usar o Hospital Espanhol para o tratamento de casos de contaminação. Sem contar que a central entregue na terça terá diferentes funções. O local tem a Central Estadual de Regulação, o Centro de Operações de Emergência em Saúde, a Central de Inteligência da Saúde, e com setor de Tecnologia da Informação e Comunicação. Mais uma ação do secretário Fábio Vilas Boas, que não poupa esforços para melhorar o setor em todo o estado”, frisa Marcelinho.

O parlamentar aponta que as atividades na Central Integrada de Comando e Controle da Saúde da Bahia estão ativas no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. Conforme dados do governo. O prédio possui três pavimentos distribuídos em mais de 2,3 mil metros quadrados, que reúne um investimento superior a R$13 milhões, sendo R$9,1 milhões na estrutura física e cerca de R$4 milhões em equipamentos. “É um momento importante e de ajuda mútua, não adianta ter investimentos se o estado e os municípios não atuarem com consonância. Acredito que com o empenho de todos, saímos dessa crise com impactos menores que outros países”, completa. As informações são de assessoria.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios