CidadesCulturaCuriosidadesMenu PrincipalTop
Trending

#Vídeo: ‘Portas dos Fundos’ lança especial de Natal ‘Teocracia em Vertigem’ e Porchat diz que histórias da bíblia são inspiradoras

Nesta edição, o documentário traz um personagem de Jesus como cantor de rap entre outras referências à política brasileira.

‘Teocracia em Vertigem’ é o novo especial de Natal de 2020 do ‘Porta dos Fundos’ e o primeiro a ser lançado após a sede do grupo ser atacada com coquetéis molotov em 2019. O documentário, lançado na última quinta-feira (10), no canal do YouTube da produtora, traz nesta edição um personagem de Jesus, cantor de rap, entre outras referências à política brasileira.

O documentário, fiel a linguagem humorística do grupo, lembra documentário brasileiro que concorreu ao oscar chamado ‘Democracia em Vertigem’ e, o roteirista e ator, Fábio Porchat, disse em entrevista ao G1 que “ele (documentário) foi mais um ponto de partida, mais uma brincadeira com o formato, do que qualquer outra coisa.

Tem a narração de uma diretora, a gente bota a Petra Costa, diretora do documentário, para brincar um pouquinho e rir disso. São algumas referências, mas não ficamos presos a isso. A gente não podia também gerar imagens, conseguimos resolver esse problema de uma forma criativa. Compramos imagens de paisagens na internet, de Jerusalém, de desertos. Mas o documentário é só uma inspiração”, informa Porchat.

Fábio comenta sobre inspiração da bíblia para construção do documentário e justifica que “Só a história de Jó dá um especial inteiro maravilhoso”. No ano passado, 2019, o ‘Porta dos Fundos’ sofreu um ataque em sua sede com coquetéis de molotov.

Segundo o G1, um dos suspeitos, Eduardo Fauzi, foi preso na Rússia, extraditado, virou réu e teve a prisão preventiva decretada em setembro de 2020. O especial de natal de 2019, em parceria com a Netflix, trazia em seu contúdo a idéiade Jesus Cristo ser homossexual, depois de passar 40 dias no deserto.

A divulgação do documentário de 2019 chegou a ser suspensa pelo Tribunal de Justiça do Rio, mas foi liberada pelo STF, com votos de ministros argumentando pela defesa da liberdade de expressão, segundo o G1.

“Em relação a piadas, não mexe com nada. A gente sofreu o atentado e um dia depois lançou um vídeo sobre Jesus de novo, em 2019. Continuamos fazendo esse tipo de vídeo. O que a gente entende é quem são essas pessoas que estão vendo isso e a gente tem uma dimensão maior desses ratos e baratas que saíram dos esgotos.

Mas não repensamos nada, continuamos fazendo as nossas coisas, vivendo a vida, entrando em cartaz no teatro, andando na rua, fazendo as nossas coisas. A gente entendeu que foi muito mais uma obra de cinco criminosos, muito mais pontual e muito mais único do que falando pelo todo”, salienta o roteirista.

‘Teocracia em Vertigem’ conta com algumas participações como Emicida, Tereza Cristina e a trilha é do Gabriel Esteves, que ajudou Porchat a escrever a letra da música principal da película. “Ele escreveu a letra comigo, partindo de uma ideia que eu tinha tido de que Jesus não vai voltar”, disse Porchat. Jornal da Chapada com informações do portal G1.

Assista aqui

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios