CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal
Trending

#Salvador: Prefeito eleito Bruno Reis planeja realizar carnaval na capital nos dias 12 e 13 de julho de 2021

O futuro gestor falou, durante live nesta sexta, sobre os principais desafios que terá à frente da administração municipal.

No que depender do desejo do prefeito eleito de Salvador, Bruno Reis (Democratas), o Carnaval em 2021 será realizado nos dias 12 e 13 julho. As datas, que caem em uma segunda e uma terça-feira, aproveitariam o feriado da Revolução Constitucionalista, no dia 9 do mesmo mês, para aproveitar melhor o fluxo de turistas que viram a capital baiana curtir o evento.

O comentário do próximo chefe do Executivo soteropolitano foi feito nesta sexta-feira (11), durante uma live realizada pela revista Istoé. Segundo disse, a ideia é fazer um calendário conjunto após conversas com prefeitos de outras capitais como São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

“Nosso desejo é fazer a festa em julho, aproveitando o feriado de 9 de julho em São Paulo. Acredito que podemos transferir o carnaval para esse período de 12 a 13 de julho e fazer isso com as principais cidades do Brasil. O carnaval é muito importante para a economia da cidade”, afirmou.

Na ocasião, Bruno Reis falou sobre os impactos da pandemia de covid-19 no turismo de Salvador, desafios da educação e a situação da covid-19, na qual mencionou um investimento de R$ 80 milhões para a aquisição de mais de 300 mil doses da vacina contra a doença, além da remobilização de leitos.

Quanto ao Executivo municipal, que ele vai assumir a partir de 1º de janeiro, Bruno adiantou quais serão as principais dificuldades que terá enquanto prefeito da quarta maior cidade do Brasil: geração de emprego e renda, além do transporte público.

“O grande desafio é geração de emprego e renda, além do combate a desigualdade social. Vamos enfrentar depois dessa pandemia, a pandemia da falta de emprego. Temos problemas também com o transporte público. Por outro lado, lamentamos o presidente (Bolsonaro) ter vetado apoio financeiro às capitais neste sentido. No atual cenário nosso, vamos prorrogar por mais três meses intervenção na empresa de transporte”.

Mesmo com esse panorama, o democrata comentou as ações feitas pela Prefeitura da capital baiana para enfrentar este cenário. “Temos programas e projetos com recursos já assegurados, em um conjunto de investimentos de R$ 1 bi, como o BRT e a urbanização integrada de cinco bairros no subúrbio ferroviário. Também estimular iniciativa privada criando um ambiente de negócios, dando segurança a eles. Vamos reduzir de burocracia, dar incentivos fiscais. À população, vamos manter o nosso auxilio emergencial até março para garantir a renda mínima”, disse. As informações foram extraídas do Portal Muita Informação.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios