CidadesCuriosidadesMenu PrincipalSaúde
Trending

#Brasil: Com mais 1.194 mortos por covid-19 em 24h, país chega a 193,8 mil óbitos; são 7,61 milhões de casos

A última vez que o número de novos registros em 24 horas havia passado das 1.190 mortes foi em 1º de setembro, quando foram confirmados 1.215 novos óbitos.

O total de mortes provocadas pela pandemia no novo coronavírus no Brasil chegou a 193.875 na quarta-feira (30). Nas últimas 24 horas, as autoridades sanitárias registraram 1.194 novos óbitos. Até a terça-feira (29), o sistema do Ministério da Saúde contabilizava 192.681 mortes. Há ainda 2.488 óbitos em investigação.

Este foi o segundo dia consecutivo com o registro de novas mortes acima de mil vítimas. Na terça-feira, foram acrescidos 1.111 novos óbitos às estatísticas (veja aqui). A última vez que o número de novos registros em 24 horas havia passado das 1.190 mortes foi em 1º de setembro, quando foram confirmados 1.215 novos óbitos.

O total de pessoas infectadas desde o início da pandemia atingiu 7.619.200. Entre a terça (29) e a quarta (30), foram registrados 55.649 novos diagnósticos da doença. Até a terça, o painel de dados do ministério trazia 7.563.551 casos acumulados.

Dados atualizados pelo Ministério da Saúde | FOTO: Divulgação |

As informações estão no balanço diário sobre a pandemia do Ministério da Saúde, divulgado na noite de quarta-feira. A atualização reúne as informações levantadas pelas secretarias estaduais de saúde de todo o país.

Segundo o painel, há ainda 717.544 casos ativos de covid-19 em acompanhamento. O número de pessoas que já se recuperaram chegou a 6.707.781.

Estados
No topo da lista de mortes por covid-19 estão os seguintes estados: São Paulo (46.477), Rio de Janeiro (25.303), Minas Gerais (11.784), Ceará (9.984) e Pernambuco (9.612). Já entre os últimos no ranking estão Roraima (773), Acre (793), Amapá (919), Tocantins (1.232) e Rondônia (1.805). Da Agência Brasil.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios