AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolíticaTop
Trending

#Chapada: Nova Redenção completa 32 anos de emancipação política e prefeita aponta para o desenvolvimento

Foi no ano de 1989, após décadas de submissão política e administrativa a Andaraí, ‘município mãe’, ao qual pertencia, que Nova Redenção conseguiu sua emancipação.

O município de Nova Redenção, na Chapada Diamantina completa 32 anos de emancipação político-administrativa nesta quarta-feira (24 de fevereiro). Bem diferente dos anos anteriores, por conta da pandemia do novo coronavírus, a solenidade foi realizada no pátio da prefeitura de forma intimista. O ato contou com hasteamento das bandeiras e entonação dos hinos nacional e municipal.

A ‘Princesa da Chapada Diamantina’, como é conhecida, é atualmente administrada pela prefeita Guilma Soares (PT) e caminha a passos largos rumo ao desenvolvimento econômico e social. Foi no ano de 1989, após décadas de submissão política e administrativa a Andaraí, ‘município mãe’, ao qual pertencia, que o município chapadeiro de Nova Redenção conseguiu sua emancipação.

“Foi uma luta muito grande para chegar a essa conquista, no início contra todos, a sede não queria perder o seu principal reduto econômico e usaram todos os artifícios para que essa liberdade não se concretizasse. Mas a luta de vários companheiros que acreditaram na nossa independência foi crucial para alcançarmos a tão sonhada liberdade”, aponta o filho da terra e secretário de Governo, Ivan Soares.

Mesmo com as dificuldades da pandemia, o município manteve o crescimento nas áreas de educação, esporte, saúde, infraestrutura e no apoio à agricultura. Para a prefeita Guilma, o momento é difícil com a crise sanitária, mas Nova Redenção “se manteve firme com as recomendações dos órgãos de saúde para conter a entrada do vírus”. Ela aponta que a luta por mais desenvolvimento continua. “Não vamos parar, temos que continuar com ações e imunizar nosso povo para salvar vidas, essa é nossa maior meta”, aponta a gestora.

Ainda segundo Guilma, apesar do momento difícil que vive Nova Redenção, o 24 de fevereiro é uma data que tem muito para comemorar. Por isso, o Poder Executivo mobilizou a solenidade para evidenciar a importância desta data para o povo redençoense, com a participação dos poderes municipais, como a própria prefeitura e a Câmara Municipal. Além da prefeita e do secretário de Governo, se pronunciou também o presidente da Câmara, vereador Ariston Teles (PT).

Para o presidente, a data é de suma importância do ponto de vista do desenvolvimento do município. “Depois que Nova Redenção foi emancipada houve um avanço na infraestrutura do município, além de ajudar no desenvolvimento da saúde e da educação, com abertura de novas ruas, construções de escolas e de postos de saúde. Mas ainda temos muito para percorrer, Nova Redenção é um município novo, são 32 anos, e que avançou muito neste tempo”, completa Teles.

Jornal da Chapada

Este slideshow necessita de JavaScript.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios