CidadesCuriosidadesEconomiaMenu Principal
Trending

#Salvador: Hospitais do Subúrbio e Municipal estão com 100% de ocupação de leitos; veja aqui os índices

A cidade tem 873 pacientes internados com a Covid-19, e 154 pessoas em ventilação mecânica. 

Salvador chegou a 83% de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na manhã desta terça-feira (23), de acordo com a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). A cidade tem 873 pacientes internados com a Covid-19, e 154 pessoas em ventilação mecânica. 

O portal da Sesab mostra a situação dos leitos contratualizados pelo governo estadual e pela prefeitura. Até às 13h40, quatro unidades estavam com ocupação máxima no Tratamento Intensivo. 

As unidades que atingiram a capacidade máxima ou estão próximas do colapso são: Hospital do Subúrbio; Hospital de Campanha do Itaigara; Maternidade Professor José Maria de Magalhães Neto; Hospital Sagrada Família; Hospital Municipal de Salvador; Hospital Santa Clara; Hospital Espanhol; Instituto Couto Maia; Hospital Português e o Evangélico.

Veja os índices de ocupação: 

Hospital do Subúrbio: 100% tanto nas UTIs, quanto na enfermaria.

Hospital de Campanha do Itaigara: 100% nos leitos clínicos e 98% na UTI. Há apenas uma vaga na unidade.  

Hospital Sagrada Família: 93% de ocupação nas UTIs e 98% nos leitos clínicos, ou seja, a disponibilidade é de apenas três vagas na enfermaria e quatro no Tratamento Intensivo.

Hospital Municipal de Salvador: 100% dos leitos de UTI ocupados e 90% das vagas de enfermaria. 

Hospital Santa Clara: 77% na UTI e 83% nos leitos clínicos. 

Hospital Espanhol: 65% das vagas de tratamento intensivo utilizadas e 76% dos leitos de enfermaria.

Hospital Português: taxa de 100%.

Hospital Evangélico: dos 10 leitos de tratamento intensivo contratados, oito estão com pacientes (80%). 

Hospital Santa Isabel: 64% de ocupação

Couto Maia
No Instituto Couto Maia (Icon), unidade especializada no tratamento de doenças infecciosas, dos 78 leitos de UTI, 65 estão ocupados e em 37 deles os pacientes estão em ventilação mecânica. Esses números representam 83% na taxa de ocupação das UTIs. Em relação aos leitos de enfermaria o índice é de 85%.

A Maternidade Professor José Maria de Magalhães Neto também já está operando em capacidade máxima.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios