CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolíciaTop
Trending

#Chapada: Natural de Barra do Mendes, ‘serial killer do DF’ é caçado pela polícia há seis dias; “É um psicopata”, diz secretário

O baiano é suspeito de cometer um quádruplo latrocínio em Ceilândia, e um quinto em Goiás. No último sábado, ainda baleou três pessoas.

Os primeiros crimes do assassino Lázaro Barbosa Souza, 33 anos, aconteceu quando ele tinha 19 anos, no povoado onde morava, no município de Barra do Mendes, Chapada Diamantina. Barbosa é o matador baiano, que vem sendo caçado há seis dias pela polícia do Distrito Federal. Ele fez suas primeiras vítimas em 2007, quando perseguia uma garota por quem havia se apaixonado.

Dois trabalhadores rurais tentaram ajudar a moça e acabaram mortos. Nas redes sociais, o baiano está sendo chamado de ‘serial killer do DF’. Os dados foram extraídos de texto do Correio 24h, que revelou que o homem é da região chapadeira.

O baiano é suspeito de cometer um quádruplo latrocínio em Ceilândia, e um quinto em Goiás. No último sábado, ainda baleou três pessoas. Uma força-tarefa entre as polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal foi montada para prender Lázaro. Segundo o Metrópoles, o secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, comentou que equipes de inteligência dos dois estados, DF e Goiás, estão na região para tentar capturá-lo.

“Ele, além de ser psicopata, é da região. É o que nós chamamos de ‘mateiro’, acostumado a se emburacar no mato. Ele deve ter outra motivação psicótica. Está muito focado em seguir na trajetória criminosa. Mas vamos chegar até ele”, disse Miranda.

Ainda de acordo com o secretário, há informações que Lázaro possa estar na região de Água Lindas ou que ele tenha retornado ao Distrito Federal. Durante o fim de semana, a Polícia Militar encontrou o foragido, mas ele fugiu para o mato após confronto com os policiais.

As forças policiais ocuparam 17 fazendas, mobilizando 200 pessoas para as buscas. No sábado, o corpo de uma das vítimas de Lázaro foi encontrado e ele se dirigiu para a região do Entorno do DF.

Ele é acusado de matar Cláudio Vidal de Oliveira, 48 anos, Gustavo Marques Vidal, 21, e Carlos Eduardo Marques Vidal, 15. O criminoso também sequestrou Cleonice Marques de Andrade, 43 anos, esposa de Cláudio e mãe das outras vítimas.

O corpo dela foi encontrado no sábado em um matagal. O cadáver estava sem roupa e com diversos cortes nas nádegas, em uma zona de mata próxima à BR-070. A redação é uma junção dos textos do Correio 24h, do Bahia Notícias e do Metrópoles.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios